terça-feira, 24 de novembro de 2020

PÍLULAS

Publicidade

Mais normal, impossível

A Globo dá, com ares de sensacionalismo, o fato de que Garotinho buscava um HC preventivo.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Aliás, antijurídico é o que fez o programa Fantástico da Rede Globo, ao divulgar a gravação de Garotinho com seus advogados. A Globo dá, com ares de sensacionalismo, o fato de que ele buscava um HC preventivo. Ora, sabendo da iminência da prisão, fez ele o que qualquer um faria. Não há novidade alguma nisso. Há mais. Dizem que o fato dele ter falado que possuía contato com a ministra Luciana Lóssio seria algo suspeito. Ora, trata-se de um ex-governador e ex-deputado, de modo que é normal que conheça os integrantes do Tribunal Eleitoral. Numa segunda ligação, afirma ter falado com a ministra e que ela teria se impressionado com as informações. Isso nada mais é do que papo de parte, que tem audiência com ministro e que, tendo ele ouvido atentamente, acha que já ganhou a causa. E tanto Garotinho estava errado que a ministra não concedeu o writ preventivamente. Por estas e outras, diante do que se divulgou, não há absolutamente nada errado. Quer dizer, há sim.

Atualizado em: 21/11/2016 09:10