sábado, 23 de janeiro de 2021

PÍLULAS

Publicidade

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

Baú migalheiro

(Imagem: Arte Migalhas)

Em 22 de janeiro de 1797, há 224 anos, nasceu, em Viena, na Áustria, Carolina Josefa Leopoldina Francisca Fernanda de Habsburgo-Lorena, que mais tarde ficaria conhecida como D. Leopoldina, primeira imperatriz consorte do Brasil, regente do Brasil em setembro de 1821, e, durante oito dias, em 1826, rainha consorte de Portugal. Ela se casou por procuração com D. Pedro no ano de 1917. Extremamente culta para a época, ela chegou ao Brasil demonstrando bastante interesse em botânica e mineralogia e veio acompanhada por cientistas, botânicos e pintores. D. Leopoldina morreu grávida e depressiva aos 29 anos.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Baú migalheiro

(Imagem: Arte Migalhas)

Há 108 anos, em 21 de janeiro de 1913, morreu, em Buenos Aires, Aluísio Tancredo Belo Gonçalves de Azevedo, romancista, cronista, caricaturista, diplomata e jornalista brasileiro. Nascido no dia 14 de abril de 1857, em São Luís, no Maranhão, ele se mudou para o Rio de Janeiro em 1876 para estudar na Academia Imperial de Belas-Artes. Seu primeiro livro foi "Uma Lágrima de Mulher". Em 1881, quando a questão abolicionista era discutida, ele lançou o romance "O Mulato". Com esta obra, Aluísio deu início à estética naturalista no Brasil, na qual são abordados temas como preconceitos e tabus sociais. Outros romances que seguem a mesma linha são "Casa de pensão" (1884) e "O cortiço" (1890).

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Baú migalheiro

(Imagem: Arte Migalhas)

Em 20 de janeiro de 1866, há 155 anos, nasceu o escritor Euclides Rodrigues da Cunha, em Cantagalo/RJ. Ele também foi sociólogo, jornalista, historiador, geógrafo, poeta e engenheiro. Euclides da Cunha escreveu seu livro mais famoso, "Os Sertões", após acompanhar de perto a Guerra de Canudos. A obra foi escrita em seus "raros intervalos de folga" e trata da campanha de Canudos (1897), no nordeste da Bahia. O autor se tornou internacionalmente famoso com a publicação da obra, que lhe rendeu lugares na ABL no IHGB. Sua morte aconteceu de maneira trágica no dia 15 de agosto de 1909. Ele descobriu que sua esposa Ana o traía com um jovem tenente, com quem teve dois filhos enquanto casada com Euclides. O escritor teria entrado na casa do amante da esposa, que reagiu e o matou. O caso parou na Justiça Militar e o tenente foi absolvido.

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Baú migalheiro

(Imagem: Arte Migalhas)

Em 19 de janeiro de 1809, há 212 anos, nasceu um dos primeiros escritores de contos dos Estados Unidos e considerado o inventor do gênero ficção policial, Edgar Allan Poe. Autor, poeta, editor e crítico literário, ele fez parte do movimento romântico norte-americano. Sua carreira começou com a publicação de uma coleção anônima de poemas, Tamerlane and Other Poems. Poe mudou seu foco para a prosa e passou os próximos anos trabalhando para revistas e jornais, tornando-se conhecido por seu próprio estilo de crítica literária. O escritor morreu aos 40 anos, no dia 7 de outubro de 1849, em Baltimore. A causa de sua morte é desconhecida.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Baú migalheiro

(Imagem: Arte Migalhas)

Em 18 de janeiro de 1535, há 486 anos, foi fundada Lima, a capital do Peru. A cidade foi fundada no vale do rio Rímac em uma área povoada pela política de Ychsma. Ela se tornou a capital do Vice-Reino do Peru e local de uma audiência real em 1543. No século XVII, a cidade prosperou como o centro de uma extensa rede de comércio, apesar de danos causados por terremotos e da ameaça de piratas. Depois da Guerra do Pacífico, a cidade passou por um período de expansão demográfica e renovação urbana. Está localizada na costa central do Peru, às margens do oceano Pacífico, nos vales dos rios Chillón, Rímac e Turín, e forma uma área urbana contínua com o porto de Callao.

Publicidade