Bruno Monteiro Costa

Migalheiro desde março/2004.
Advogado.
/depeso
7/5/2007

Da livre contratação dos trabalhadores portuários nas atividades de capatazia

Na atual conjuntura geopolítica, o transporte aquaviário de cargas assumiu um papel preponderante para o fortalecimento das economias mundiais. Nesse contexto, a modernização dos portos, em todos os seus aspectos, passou a ser encarada como assunto prioritário pelos agentes públicos e pela sociedade organizada.
/depeso
24/3/2006

Reflexões acerca do enquadramento sindical dos trabalhadores portuários contratados com vínculo empregatício

Na atual conjuntura geopolítica, o transporte aquaviário de cargas assumiu um papel preponderante para o fortalecimento das economias mundiais. Nesse contexto, a modernização dos portos, em todos os seus aspectos, passou a ser encarada como assunto prioritário pelos agentes públicos e pela sociedade em geral.
/depeso
26/3/2004

As novas exigências da relação de estágio

Renato Melquíades de Araújo e Bruno Monteiro Costa
O contrato de estágio encontra amparo jurídico na Lei 6.494/77, regulamentada pelo Decreto 87.497/82, com as modificações introduzidas pela Lei 8.859/82 e pela Medida Provisória 1.952/00. Em consonância com a legislação em questão, considera-se estágio curricular as atividades de aprendizagem social, profissional e cultural, proporcionadas ao estudante pela participação em situações reais de vida e trabalho de seu meio, sendo realizadas na comunidade em geral ou junto às pessoas jurídicas de direito público ou privado, sob responsabilidade e coordenação da instituição de ensino.
/amanhecidas
7/5/2007

MIGALHAS nº 1.648

MIGALHAS nº 1.648
/amanhecidas
24/3/2006

MIGALHAS nº 1.380

MIGALHAS nº 1.380
/amanhecidas
26/3/2004

MIGALHAS nº 891

MIGALHAS nº 891