Carlos Alexandre Klomfahs

Carlos Alexandre Klomfahs

Migalheiro desde julho/2016.
Advogado, professor e escritor.
Migalhas de Peso
27/10/2020

O supremo erro do Supremo Tribunal

Por fim, temos que, resolutamente se os juízes não confirmarem a prisão preventiva, ela torna-se ilegal automaticamente sim.
Migalhas Quentes
26/3/2019

Ação popular busca barrar comemoração do golpe de 64 determinada por Bolsonaro

... realizem “comemorações devidas” do golpe de 64, o advogado Carlos Alexandre Klomfahs ingressou com ação popular nesta terça-feira, 26, para requerer que a presidência da República se abstenha de comemorar o dia 31 de março de 1964. Na ação, o advogado afirma que, com as comemorações, "o leitmotiv do Governo Federal não é o interesse público e sim o 'jogo da classe dominante'". "Muda-se o governo prossegue o drama. Há reiterado problema incontornável quanto à violação à moralidade administrativa. Isso porque o grau de desenvolvimento de um país se mede pela expansão e efetividade dos direitos fundamentais." Veja...
Informativo Migalhas
26/10/2016

MIGALHAS nº 3.976

...aqui) Paladino Patrono da demanda anterior, o advogado paulista Carlos Alexandre Klomfahs informa que protocolou pedido de instauração de inquérito no STF falando em desacato feito pelo presidente do Senado contra o juiz brasiliense. Compulsando notícias acerca do referido causídico, vê-se que estamos diante de um demandante das grandes causas. Com efeito, o jovem já impetrou MS contra a MP que alterou o ensino médio ; peticionou na PGR pedindo intervenção do RJ nas Olimpíadas ; impetrou MS contra o fatiamento do impeachment ; entrou com ação popular contra o reajuste dos...
Migalhas Quentes
26/10/2016

Governo de SP não precisa se desculpar em rede nacional por massacre do Carandiru

...encontram respaldo legal". Suspeição O advogado da autora, Carlos Alexandre Klomfahs, requereu a suspeição da magistrada, alegando que a juíza se antecipou ao mérito na decisão, fazendo juízo de valor antes da sentença, o que afirma ser vedado pelo CPC. "Esse prejulgamento de que não há ilícito a viabilizar a continuação da petição inicial, afirmando, sem ouvir a autora, sem as produções de eventuais provas, sem a leitura da defesa da requerida, sem compreender todo o contexto em que está inserido um dos maiores massacres da história do Estado de São Paulo, com repercussões...
Migalhas Quentes
17/9/2016

Advogado pede que TJ/SP adote medidas de acessibilidade para deficientes físicos

... O advogado Carlos Alexandre Klomfahs apresentou pedido de providências à presidência do TJ/SP para que adote as providências cabíveis para a acessibilidade aos prédios e fóruns da capital e de todo o Estado de São Paulo, pelos deficientes físicos ou com mobilidade reduzida. Klomfahs relatou que ele e seu cliente e advogado, Pedro Soler, que é cadeirante, despacharam no TJ e tiveram "inúmeras dificuldades, inclusive para estacionar na frente do prédio, por falta de instalação de "Placa de Vaga Especial para Deficientes", bem como pelo fato de não recebermos a ajuda que foi...
Migalhas Quentes
12/9/2016

Juiz extingue ação de consumidora insatisfeita com quantidade de ingredientes em pizza

...omissão, contradição ou obscuridade na decisão. O advogado Carlos Alexandre Klomfahs representa a consumidora no caso. Processo: 1022203-37.2016.8.26.0564 Veja a sentença e a petição inicial.
Migalhas Quentes
7/6/2016

Filhos de detento morto no massacre do Carandiru pedem aumento da indenização

...R$ 40 mil de indenização. Na peça, o advogado dos autores, Carlos Alexandre Klomfahs, pede a majoração da quantia fixada a título de danos morais para 150 salários mínimos para cada um dos filhos da vítima, e dos honorários sucumbenciais. Segundo o causídico, arbitrar R$ 20 mil para cada vítima "sem fundamentação fática ou jurídica ao arrepio do artigo 489, parágrafos e incisos do CPC, é no mínimo, passível de reforma e no máximo, comporta longa dissertação sobre casos paradigmas". "Os autores ficaram órfãos do pai e por conta da morte do pai a mãe se lançou nas drogas, ou...