Felipe Borges Lacerda Loiola

Migalheiro desde agosto/2016.
Migalhas de Peso
1/8/2016

Privacidade para quem e para quê?

Discute-se em que medida a privacidade será tutelada quando importar limites a modelos de negócios envolvendo inteligência de dados, redes sociais, aplicativos e outras tecnologias. Trata-se de um embate entre privacidade e livre iniciativa e, portanto, de um conflito de liberdades individuais.
Informativo Migalhas
1/8/2016

MIGALHAS nº 3.916

...veja as considerações dos advogados Marcela Waksman Ejnisman e Felipe Borges Lacerda Loiola, de TozziniFreire Advogados, acerca dos limites da privacidade no ambiente digital. (Clique aqui) Sentença arbitral O advogado João Carlos Zanon, sócio do escritório Nery Advogados, aborda a coisa julgada e a sentença arbitral, concluindo que "a sentença arbitral de mérito, ainda que tenha caráter parcial, faz coisa julgada material". (Clique aqui) Contribuição previdenciária - PLR O advogado Fábio Christófaro, do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados, analisa recente...