Felipe Carapeba Elias

Migalheiro desde setembro/2018.
Migalhas de Peso
25/9/2018

A autonomia da vontade contratual no novo Código de Processo Civil

Havendo nessas questões uma menor interferência do Estado na autonomia da vontade, e estando os contratantes livres para convencionarem o trâmite processual dentro dos contratos, torna-se mais eficaz o objeto celebrado e a entrega da prestação jurisdicional aos litigantes.