Guilherme Santos Macêdo

Migalheiro desde agosto/2020.
Bacharel em Direito pela PUC/RJ. Sócio do escritório Marcello Macêdo Advogados.
/depeso
17/8/2020

Abuso do direito de voto na assembleia geral de credores em tempos de covid-19

Em tempos de colapso econômico, deve-se estimular a fundamentação do voto desfavorável ao Plano de Recuperação Judicial, de modo a evitar o exercício abusivo do direito de manifestação pelo credor.