Kelvin Peroli

Migalheiro desde setembro/2020.
Graduando em Direito na Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da USP, com experiência acadêmica na Seconda Università degli Studi di Napoli (Itália). Membro dos Grupos de Pesquisa "Tutela Jurídica dos Dados Pessoais dos Usuários da Internet" e "Observatório do Marco Civil da Internet", cadastrados no Diretório de Pesquisa do CNPq. Integrante do Grupo de Estudos "Tech Law", do Instituto de Estudos Avançados da USP. Associado Fundador do Instituto Avançado de Proteção de Dados - IAPD. Membro do IBDCONT - Instituto Brasileiro de Direito Contratual. Autor de livro e artigos sobre Direito Digital.
/amanhecidas
25/9/2020

MIGALHAS nº 4.945

...s Neste período pandêmico, para Cíntia Rosa Pereira de Lima e Kelvin Peroli deve-se buscar um equilíbrio necessário entre o tratamento de dados pessoais e a imperiosa proteção aos titulares dos dados pessoais, sem ignorar, por óbvio, os estudos epidemiológicos. (Clique aqui) Constituição na Escola A reforma Tributária e as dificuldades constitucionais para sua implementação, por César Chinaglia e Rodrigo Oliveira. (Clique aqui) Marketing Jurídico Trocar cartão é obrigatório em reuniões? Para o consultor Alexandre Motta, a troca ainda é uma praxe a ser mantida em reuniões presenciais e não fazer acaba...