Marcos Paulo Passoni

Migalheiro desde novembro/2016.
/depeso
18/12/2018

Adeus, rol taxativo do art. 1.015 do CPC

Caro ROL, é com enorme pesar que me despeço de vossa excelência.
/depeso
9/11/2016

Preparo parcial e o direito à complementação em dobro: o fim e o nascimento de um precedente, à luz do §4º do art. 1.007 do novo CPC

Esse estressante componente psicológico, ao menos no âmbito do processo civil em geral, sofreu um bom desfecho.
/amanhecidas
18/12/2018

MIGALHAS nº 4.504

...recebidos de: Kiyoshi Harada, escritório Harada Advogados Associados; Marcos Paulo Passoni, escritório Suchodolski Advogados Associados; Silvio Garrido Junior, escritório Garrido, Focaccia, Dezuani & Sanchez Advogados; Maria Gabriella Neuenschwander Perazzo, escritório Limongi Sial & Reynaldo Alves Advocacia e Consultoria Jurídica; João Vieira Neto, escritório João Vieira Neto Advocacia Criminal; Sueli Reis, escritório Arruda Alvim, Aragão, Lins & Sato Advogados; Aryane Correa Mota, escritório FAS Advogados - Focaccia, Amaral, Pellon e Lamonica Advogados; Porto Lauand Advogados;...
/amanhecidas
9/11/2016

MIGALHAS nº 3.985

...recursal À luz do §4º do art. 1.007 do novo CPC, o advogado Marcos Paulo Passoni, do escritório Suchodolski Advogados Associados, aborda situações distintas no pagamento do preparo recursal. (Clique aqui) União estável x Casamento O advogado Cristian Fetter Mold, membro do IBDFAM - Instituto Brasileiro de Direito de Família, faz considerações acerca da similitude entre os conceitos e a legitimidade de se conferir tratamento desigual a cônjuges e companheiros. (Clique aqui) Meio de campo Com a proposta de reforma do Estatuto do São Paulo Futebol Clube, na coluna de hoje, o advogado...
/amanhecidas
23/12/2015

MIGALHAS nº 3.768

MIGALHAS nº 3.768