Marjorie Ferri

Migalheira desde março/2017.
/depeso
9/3/2017

Justa causa: da necessidade de gradação da pena

O empregador que não observa a gradação da pena e rompe de imediato o contrato de trabalho por justa causa, frustra o caráter pedagógico do instituto disciplinar, além de restar sujeito à anulação desta resolução contratual.
/depeso
8/3/2017

O parcelamento de dívidas trabalhistas e o novo CPC

A premissa do parcelamento de dívidas, pronunciado no antigo CPC através do art. 745-A e consolidado no atual Código pelo art. 916, vem sendo aplicada nas demandas trabalhistas com o intuito de desimpedir a satisfação do crédito exequendo com maior presteza.