Priscila Ortenzi de Oliveira

Priscila Ortenzi de Oliveira

Migalheira desde janeiro/2019.
Migalhas de Peso
26/4/2019

Limitações da propaganda dirigida ao público infantil

Diante do tamanho deste mercado, é fácil imaginar que crianças e pais estão cada vez mais expostos à publicidade diária de produtos e serviços, com estímulos de compra, muitas vezes, velados.
Migalhas de Peso
31/1/2019

O percentual do reajuste por mudança de faixa etária nos contratos de plano de saúde

Os percentuais ainda não foram divulgados pela ANS e a expectativa é a de que a nova regra trará equilíbrio na relação, impedindo aumentos abusivos e, ao mesmo tempo, garantindo justa remuneração à operadora do plano de saúde.
Informativo Migalhas
31/1/2019

MIGALHAS nº 4.532

#informativo a { padding:0; text-decoration: none !important; font-family: Verdana; color: #98171D !important; font-weight: bold !important; } #informativo hr { border: 0.5px solid #C0C0C0 } #informativo table tr td { border:0 !important; } #informativo table { border:0 !important; } Quinta-feira, 31 de janeiro de 2019 - Migalhas nº 4.532.Fechamento às 9h58. "A improbidade, a deslealdade, a má-fé, detestáveis em todas as relações da vida, no comércio, principalmente, são lepra." Rui Barbosa Compliance Uma nova era se avizinha para as empresas no que diz respeito à prevenção...
Informativo Migalhas
16/4/2015

MIGALHAS nº 3.598

...mudanças que visam dar celeridade ao judiciário. Para a advogada Priscila Ortenzi de Oliveira, do escritório Rocha e Barcellos Advogados, sua efetividade vai depender da estrutura e da mentalidade do profissional jurídico. (Clique aqui) Novo CPC - Lançamento A Editora Migalhas enfeixou o novo CPC, sancionado em 16 de março, em uma simpática edição. Prepare-se adquirindo o seu exemplar. (Clique aqui) _____________ Migalhas Mundo Vende-se No próximo dia 20, a filial da Petrobras no Chile receberá ofertas por seus postos de combustíveis. (LA - clique...
Migalhas Quentes
15/4/2015

Mudanças no CPC vão depender da mentalidade do profissional jurídico

...deve se adaptar e conhecer bem as mudanças. Para a advogada Priscila Ortenzi de Oliveira, do escritório Rocha e Barcellos Advogados, são positivas. "Observamos que a principal mudança é tornar o processo em si um coadjuvante em relação à causa. Em muitos litígios, não temos a questão material resolvida porque se dá muita importância à forma. No novo código, o processo vai se tornar coadjuvante, porque as formalidades vão diminuir. Ou seja, é um código mais flexível. Vai haver, por exemplo, prazo para regularizar erros nas peças obrigatórias. Hoje, se existe alguma irregularidade,...