Renata Alvares Gaspar

Migalheira desde julho/2020.
Pós-doutoranda em Direito pela UFU. Doutora em Direito e Mestre em Estudios Latinoamericanos pela Universidade de Salamanca. Consultora Jurídica para do MERCOSUL. Coordenadora e Pesquisadora da Rede de Pesquisa de Processo Civil Internacional. Líder do Grupo de Estudo Direito, Globalização e Cidadania. Membro da Academia Brasileira de Direito Internacional. Sócia do escritório Massarente e Gaspar Advocacia. Mãe de uma Filha e esteve de licença maternidade em 2018.
/depeso
10/7/2020

STJ e o caso Samarco: Convenção de Haia e carta rogatória no pre-trial discovery

Na ação movida por fundos de pensão estadunidenses contra a Samarco, sob a alegação defensiva de violação à Convenção de Haia, o STJ precisou decidir sobre a concessão de exequatur à carta rogatória