quinta-feira, 29 de outubro de 2020

COLUNAS

Publicidade

Cenário - 27.7.18

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Convenções partidárias estaduais começam a definir roteiros e atores para as eleições deste ano.

Assim como na corrida ao Planalto, há muita coisa em aberto.

Alianças estão por ser feitas, apoios prometidos não vieram ou carecem de reforço. Há situações onde chapas incompletas serão lançadas e outras que, simplesmente, estão sub judice.

Nesta semana, alguns deram a largada, mas os encontros mais relevantes vão acontecer mesmo a partir de amanhã.

O PSDB, por exemplo, reunirá sua militância em Minas Gerais. E as expectativas/especulações estão quase concentradas no futuro de Aécio Neves!

No Ceará, Psol e PCB vão oficializar a parceria ao governo do Estado, realçando movimentos que também ocorrem em outras partes do país nos chamados partidos de esquerda. A grande questão local, no entanto, gira em torno dos passos que serão dados pelo MDB.

Em Pernambuco, o MDB também mobiliza atenções, em especial porque não se sabe qual será o destino de Jarbas Vasconcelos, que reivindica disputar o Senado.

A data limite imposta pela Justiça Eleitoral para que os partidos se decidam é 5 de agosto.

Não é possível afirmar, no entanto, que até lá tudo estará resolvido.

No papel

O programa do PT

O coordenador do programa de governo do PT, Fernando Haddad, esteve mais de uma vez com o ex-presidente Lula esta semana.

Pontos específicos da plataforma foram discutidos. A visão geral está concluída.

É justamente esse segundo bloco de ideias que começa, oportunamente, a vazar e a manter em foco a agenda de comunicação do partido.

Diálogos

As conversas continuam

Os assessores econômicos das campanhas para presidente seguem com interlocução aberta no Ministério da Fazenda.

Quando não são atendidos diretamente pelo ministro Eduardo Guardia, falam com pessoas da confiança dele.

Entre os assuntos do momento estão a volta dos trabalhos no Congresso (e o efeito prático da chamada 'pauta-bomba') e o Orçamento de 2019.

São Francisco

Janela de oportunidade

As obras do Túnel Milagres, etapa do Eixo Norte do projeto de transposição do Rio São Francisco, localizado entre as cidades de Verdejante/PE e Penaforte/CE, estão quase prontas.

Sob a perspectiva política, o momento não poderia ser melhor para reivindicar a paternidade do empreendimento.

Que o digam os gurus de campanha que atuam de olho no eleitor do Nordeste.

Sociedade

Sim, não, talvez, quem sabe...

Representantes do movimento negro cobram dos candidatos à presidência da República posicionamento claro sobre as cotas raciais nos concursos públicos.

Apesar de o STF ter considerado a medida constitucional, entidades que atuam em defesa da causa reclamam da falta de respaldo político.

Vale lembrar que a adesão é discricionária e alguns Estados não utilizam.

Agenda

Saúde - O Ministério da Saúde lança hoje a nova Campanha de Aleitamento Materno.

Conjuntura - O Banco Central divulga hoje dados de junho referentes a juros, crédito e inadimplência.

Nos jornais

Centrão 1 - Os partidos que compõem o chamado 'centrão' formalizaram ontem apoio à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa pela presidência. Em carta lida no evento, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), confirmou que será candidato a deputado Federal pelo Rio de Janeiro. (todos os veículos)

Centrão 2 - A decisão do bloco de apoiar Alckmin é atribuída principalmente à posição de Valdemar Costa Neto, do PR, que já foi preso no processo do mensalão. Valdemar não compareceu ao evento, mas outros investigados marcaram presença. (O Globo)

PT - O programa de governo da candidatura do PT ao Planalto vai propor limitar a atuação do STF e a revisão de leis de combate à corrupção e ao crime organizado, com críticas às delações premiadas. Na visão do partido, a prática não pode "se prestar a proteger bandidos confessos e a condenar inocentes". (Folha de S.Paulo)

Marina - O presidente nacional do PV, José Luiz Penna, se reuniu ontem com a pré-candidata do Rede Sustentabilidade, Marina Silva, para discutir uma possível aliança. A tendência, contudo, é de que o partido não apoie ninguém formalmente. (Valor Econômico e O Estado de S. Paulo)

Paes - O ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) oficializou a pré-candidatura ao governo estadual fazendo uma crítica indireta ao ex-aliado governador Luiz Fernando Pezão (MDB). (todos os jornais)

Zelotes - A Polícia Federal deflagrou, ontem, a 10ª etapa da operação Zelotes para investigar suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo conselheiros e ex-conselheiros do Carf, o ex-secretário de Comércio Exterior no governo Dilma, Daniel Godinho e o empresário e o economista Roberto Giannetti, ligado ao PSDB. (todos os jornais)

BNDES - Os desembolsos do BNDES para a indústria atingiram o menor nível da série histórica no primeiro semestre deste ano. Nos 12 meses encerrados em junho, os empréstimos para o setor ficaram em R$ 13,49 bilhões. (manchete do Valor Econômico)

Energia - Referência no setor elétrico pela recuperação de distribuidoras deficitárias, a Equatorial Energia arrematou ontem a concessão da Cepisa, distribuidora do Piauí, no leilão de privatização realizado pelo BNDES e pela Eletrobrás. (todos os jornais)

Brics - O presidente Michel Temer disse que o presidente chinês, Xi Jinping, se comprometeu a analisar as demandas apresentadas pelo Brasil em reunião bilateral ocorrida em Joanesburgo, na África do Sul. O Brasil solicitou a retirada de barreiras às importações de produtos agropecuários. (Folha de S.Paulo)

Facebook - A empresa perdeu US$ 120 bilhões (R$ 446,8 bilhões) em um único dia na Bolsa de NY, a maior destruição de valor diária de uma companhia na história de Wall Street. As ações da companhia recuaram 19% ontem, para US$ 176,26. (manchete da Folha de S.Paulo, de O Estado de S. Paulo e O Globo)

Atualizado em: 27/7/2018 08:54

COORDENAÇÃO

FSB Inteligência,

Publicidade