domingo, 29 de novembro de 2020

COLUNAS

Publicidade

Cenário - 8.5.19

quarta-feira, 8 de maio de 2019

A crise e o impacto nos Estados

Até agora, nenhuma região do país conseguiu se recuperar da crise econômica iniciada em 2014, mas no Norte é possível que a riqueza dos Estados esteja, ao final de 2019, cerca de 0,6% acima do registrado há cinco anos.

O prognóstico é da Consultoria Tendências, que mostra ainda uma enorme disparidade nas regiões do país. Em algumas delas, os problemas são ainda mais profundos.

No Nordeste, a recuperação continua fraca e a previsão é que o PIB nordestino estará quase 5% inferior ao patamar de 2014 no fim deste ano. Já o Sudeste e o Sul terão queda acumulada de 3,8% e 1%, respectivamente.

O Centro-Oeste caminha para superar os efeitos da crise, mas a economia da região ainda deve ser 0,1% menor do que a apurada em 2014.

Esse mapa mostra que os Estados que têm a economia mais focada na indústria e nos serviços estão sofrendo mais para recuperar terreno. Já as regiões onde a agropecuária é o motor do crescimento vem alcançando melhores resultados.

A economia da região Norte chegou a recuar 4,6% desde 2014 e, além da agropecuária, outros dois fatores estão ajudando os estados nortistas a se recuperar mais rápido, segundo estudo: a maturação de projetos de mineração e a retomada dos negócios na Zona Franca de Manaus.

As estimativas nacionais mostram que a economia do país deve encerrar este ano 2,7% abaixo do patamar anterior ao início da crise.

Ipea

Bom sinal

Apesar das quedas consecutivas das estimativas de crescimento para 2019, os investimentos voltaram a crescer em março, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

A alta foi de 0,6% em relação ao mês anterior, mas abaixo dos 3,7% de expansão registrados em fevereiro. No trimestre, os investimentos cresceram 0,6%, estima o instituto.

A construção civil influenciou negativamente, recuando 1,8% na passagem de fevereiro para março.

Selic

Novo fator

O Comitê de Política Monetária (Copom) anuncia hoje a nova taxa Selic diante de mais um indicador preocupante para a inflação.

O Dieese mostrou que o valor da cesta básica voltou a subir em abril em todas as 18 cidades pesquisadas. Foi o segundo mês seguido de alta em todos os locais.

As altas mais acentuadas foram registradas em Campo Grande (10,07%), São Luís (7,10%) e Aracaju (4,94%).

No acumulado em 12 meses, a alta acumulada já chega a 30,17% em Campo Grande.

No Recife, a cesta básica subiu 25,19% desde maio de 2018; e em João Pessoa, 22,78%. A menor taxa acumulada foi registrada em Florianópolis, de 13,02%.

A cesta básica de São Paulo segue como a mais cara entre os locais pesquisados, a R$ 522,05.

MP 1

Remanejamento administrativo...

Ainda sem garantias de que conseguirá aprovar a MP 870, que redesenhou a Esplanada dos Ministérios, o governo abriu mão de parte de sua reforma administrativa.

O relator da medida provisória, senador Fernando Bezerra Coelho, aceitou extinguir o Ministério do Desenvolvimento Regional para recriar o Ministério das Cidades e da Integração Nacional, entre outras mudanças para atrair votos dos partidos de centro na comissão que analisará seu parecer.

Mesmo assim o governo não ouviu garantias dos parlamentares de que com essa manobra o relatório de Bezerra será aprovado.

Até o ministro da Justiça, o ex-juiz Sérgio Moro, fez corpo a corpo com deputados para tentar manter sob seu controle o Coaf.

MP 2

... e de postura

As negociações em torno da MP 870 estão tão duras que o presidente Jair Bolsonaro flexibilizou o discurso de escolhas técnicas para os ministérios.

Ele aceitou que a indicação para a eventual pasta das Cidades virá das bancadas ligadas à defesa dos municípios no Congresso. O da Integração Nacional também pode ser ocupado por um político.

Ele tomou a decisão depois de ser alertado pelos presidentes da Câmara, Rodrigio Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, sobre o risco de não ter votos para a aprovar a medida provisória.

Se ela não for aprovada até 3 de junho, o desenho da Esplanada dos Ministérios voltaria a ser igual ao do governo Michel Temer, sem as fusões de pastas feitas por Bolsonaro.

Previdência

Guedes no Congresso

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deve abrir a lista de audiências públicas da comissão especial da reforma da Previdência hoje.

O debate nesse fórum é sobre o mérito da proposta e, por isso, pode ser um pouco menos tenso do que o ocorrido no último mês na Comissão de Constituição e Justiça, quando a sessão terminou aos berros.

Guedes deve voltar à Câmara no dia seguinte, quando vai defender a Lei de Diretrizes Orçamentárias enviada ao Congresso na Comissão Mista do Orçamento.

Energia solar

41 mil usinas em 2 anos

Cerca de 41 mil novas usinas de energia solar foram instaladas no Brasil em dois anos.

Houve um avanço intenso no número de estabelecimentos residenciais, comerciais e industriais que passaram a produzir e consumir essa fonte de energia renovável.

Entre 2016 e 2018, a capacidade instalada no Brasil pulou de 0,1% para 1,4% de toda a matriz energética nacional.

Os dados são do Ipea. E revelam que, se somada a participação das fontes solar e eólica, a capacidade de geração de energia elétrica dessas duas fontes renováveis já chegou a 10,2% em dezembro de 2018.

Internautas

Um novo perfil

Dos 122 milhões de usuários de Internet no país, 78% deles pertencem às classes C, D e E, metade é negra, 87% não fala outro idioma além do português e 3 em cada 4 não tem ensino superior.

Apesar do acesso ter sido democratizado, barreiras financeiras ainda são um grande obstáculo ao uso pleno da rede no país.

Esse é o mais novo perfil traçado por uma pesquisa do Instituto Locomotiva. Segundo o levantamento, o Nordeste se destaca como a região com maior dependência de conexão via wi-fi no celular, o que demonstra maior dificuldade de acesso.

Mesmo assim, os nordestinos usam as redes sociais com vigor semelhante dos demais brasileiros, em alguns momentos com índices maiores que a região Sudeste.

AGENDA

Cerimônia - O presidente Jair Bolsonaro participa hoje, às 11h, de cerimônia em Comemoração ao Dia da Vitória e Imposição da Medalha da Vitória no Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Rio de Janeiro.

Guedes - O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa da audiência pública na comissão especial da Reforma da Previdência na Câmara às 10h.

Transportes - A Comissão da Viação e Transportes da Câmara faz audiência pública hoje, às 9h30, para discutir as ações do governo na política de preços do óleo diesel, o Programa Caminhoneiro e a criação do cartão caminhoneiro.

Moro - O ministro da Justiça, Sérgio Moro, participa de audiência pública hoje, às 10h30, na Comissão de Segurança Pública e Crime Organização da Câmara.

PIM - O IBGE divulga hoje a Pesquisa Industrial Mensal Produção Física nas regiões do país.

Finanças - O IBGE também divulga hoje Estatísticas de Finanças Públicas.

EDUCAÇÃO

Exame - Conheça o novo site oficial do Enem deste ano.

SABER

Cultura - Aprenda um pouco sobre a origem de nossas vestimentas.

SUSTENTÁVEL

Marca - Visite a loja da Kasulo, empresa brasileira que criou uma linha de sapatos sustentáveis.

TECH

Localização - O Google anunciou que vai passar a permitir que os usuários excluam automaticamente seus dados de localização e atividade após três ou 18 meses.

BEM-ESTAR

Neurociência - Entenda como o nosso organismo reage às emoções que sentimos.

 

Atualizado em: 8/5/2019 08:40