quarta-feira, 25 de novembro de 2020

COLUNAS

Publicidade

Cenário - 5.2.20

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Dia de Copom

Mantidas as previsões, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central deverá anunciar logo mais outra redução da taxa básica de juros.

O corte esperado por (quase) todos é de 0,25 ponto percentual, o que derrubaria a Selic para um novo piso de 4,25% ao ano.

Essa é a primeira reunião de 2020 e também uma das mais aguardadas desde o início do atual ciclo.

Mercado e analistas especulam desde a semana passada sobre o tom do comunicado que será distribuído ao fim do dia. O sentimento geral é de que o texto virá curto, objetivo e cauteloso.

A conjuntura favorece certa moderação.

O colegiado sabe que tem de escolher bem as palavras e, no limite, ser menos explícito em algumas sinalizações.

Diferentemente de outras épocas, há variáveis mais complexas atuando agora e com bem mais intensidade sobre os rumos da economia: 1) o câmbio está sob ajustes, 2) o coronavírus já impacta parte da atividade global, 3) o Brexit virou realidade e 4) as eleições americanas vão entrar em um ritmo frenético.

ARGENTINA E FMI

Evoluindo...

Kristalina Georgieva, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), e o ministro da Economia da Argentina, Martin Guzmán, tiveram ontem, em Roma, um encontro interpretado por muitos como um novo 'marco zero' nas relações.

O site do organismo internacional publica a íntegra do comunicado oficial (leia aqui).

Entre outras coisas, Kristalina reforça que o FMI tem ciência da "difícil situação socioeconômica" da Argentina e está disposto a, junto com o governo do país vizinho, estabilizar a economia.

MEIO AMBIENTE

Regras para a pesca

Está no Diário Oficial da União de hoje uma portaria do ICMBio que regulamenta a pesca esportiva em unidades de conservação federais.

AMAZÔNIA

Vem aí o conselho

O Conselho da Amazônia, anunciado em janeiro pelo presidente Jair Bolsonaro, atuará, juntamente com a Secretaria da Amazônia, do Ministério do Meio Ambiente, para avançar nas políticas públicas para o desenvolvimento sustentável da região.

Presidido pelo vice-presidente, Hamilton Mourão, terá base em Brasília e a Secretaria, em Manaus.

NOVO VÍRUS - CHINA

Agenda positiva

A China tem dado cada vez mais visibilidade a ações de combate ao avanço do coronavírus, prevenção para evitar que o surto se espalhe e tratamento dos doentes infectados.

Além de comunicar em alto e bom som a construção em tempo recorde de grandes estruturas hospitalares, o país mostra ao mundo que doentes estão sendo medicados e recebendo alta para voltar para casa (foto baixo).


Foto: (Xinhua/Xu Yu)

NOVO VÍRUS - BRASIL

Articulação

Amanhã, 6, os secretários de saúde dos estados e das capitais brasileiras estarão reunidos em Brasília com o Ministério da Saúde.

Durante o encontro serão debatidas ações elaboradas para o enfrentamento ao novo coronavírus.

O Ministério da Saúde solicitou a atualização dos planos de contingência.

EUA 1

Palavras de Trump

No discurso sobre o Estado da União (leia a íntegra), ontem, o presidente americano enalteceu a economia, ressaltou que os Estados Unidos são uma sociedade mais próspera e inclusiva, destacou a queda na taxa de desemprego, citou a troca do NAFTA pelo novo Acordo EUA-México-Canadá e disse que o melhor ainda está por vir (veja ou reveja).

Ao final, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, rasgou uma cópia do pronunciamento.

O desagravo foi interpretado como uma resposta a Trump que, ao chegar no plenário, não estendeu a mão para cumprimentar a congressista.

EUA 2

Saga do impeachment

Termina hoje no Senado o julgamento do impeachment de Donald Trump.

Para que o presidente americano seja afastado, dois terços dos 100 parlamentares precisam votar 'sim', mas a Casa tem maioria republicana e, até agora, não há nenhuma indicação de que haverá traições.

O arquivamento é uma certeza para a Casa Branca e coincide com um momento peculiar.

O índice de aprovação de Donald Trump subiu para 49%, conforme a mais recente pesquisa Gallup - recorde desde que assumiu o cargo em 2017.

AGENDA

BOLSONARO 1 - Pela manhã, o presidente Jair Bolsonaro recebe o deputado Marco Feliciano (PODE/SP) e os ministros Onyx Lorenzoni (Casa-Civil), Paulo Guedes (Economia) e Sergio Moro (Justiça). À tarde, almoça no Palácio do Alvorada com os presidentes da Câmara, do Senado e do STF e com o vice-presidente Hamilton Mourão. Ainda à tarde, recebe os ministros Osmar Terra (Cidadania) e Abraham Weintraub (Educação).

BOLSONARO 2 - No Planalto, à tarde, acontecerá um evento comemorativo pelos 400 dias de governo.

SENADO 1 - Está na pauta do plenário a Medida Provisória 894/2019 que institui pensão mensal vitalícia para crianças com síndrome decorrente do zika vírus.

SENADO 2 - Os senadores deverão votar hoje o projeto de lei de enfrentamento ao coronavírus.

CÂMARA - A comissão especial criada para analisar a PEC 199/19, sobre a prisão após segunda instância, reúne-se hoje. O ex-presidente do STF, Antonio Cezar Peluso, participa.

EDUCAÇÃO

Consórcio - O Open Education Consortium (OEC) é uma rede global de organizações de educação aberta. Ferramentas, práticas e soluções compartilhadas para melhorar o acesso e a eficácia educacional.

SABER

Inhotim - A programação de fevereiro já está disponível, incluindo o pacote especial criado para o Carnaval (saiba mais).

SUSTENTÁVEL

Preservação e negócios - Um denso relatório publicado no site do Fórum Econômico Mundial explica por que é vital priorizar a proteção dos ativos da natureza, inclusive como alavanca de crescimento econômico global.

TECH

Dados x racismo - O trabalho do Center for Policing Equity com coleta e análise de dados, e os resultados obtidos que reafirmam a aplicação da lei e ajudam a combater o racismo.

BEM-ESTAR

Notícias veganas - Uma revista eletrônica especializada em veganismo, saúde e produtos (acesse).

Atualizado em: 5/2/2020 11:21