segunda-feira, 30 de novembro de 2020

COLUNAS

Publicidade

Cenário - 24.03.20

terça-feira, 24 de março de 2020

Desafio de garantir comida

Para além do drama humano, da questão sanitária e dos prejuízos econômicos, o avanço do novo coronavírus é um risco à segurança alimentar.

Esse debate tem ganhado mais força nos últimos dias não só porque a pandemia se espalha pelo mundo, mas também porque está disseminada em grandes centros produtores e exportadores.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) manifestou recentemente preocupação especial com os mais vulneráveis. E listou implicações e recomendações (leia aqui).

Nas contas da FAO, cerca de 820 milhões de pessoas no planeta convivem com o flagelo da fome crônica.

Desse total, 113 milhões são submetidos ao que a entidade chama de 'grave insegurança aguda', ou seja, quando a fome é extrema e torna o ser humano dependente de assistência externa para sobreviver.

A Covid-19 já é problema para quase 200 países. E a proliferação acelerada atinge nada menos do que 44 nações que precisam de assistência alimentar externa.

Pressões de preço e renda costumam ser implacáveis em momentos de crise, mas principalmente com quem lida com a fome há mais tempo.

 

BRASIL

Mensagens para dentro e para fora

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, está bastante presente em fóruns que discutem os rumos da crise e seus efeitos sobre o setor.

Por onde passa, ressalta que a agropecuária brasileira mantém o ritmo e segue abastecendo o mercado.

Junto aos colegas da América do Sul a ministra tem buscado alinhamentos importantes nesta fase da pandemia. A prioridade é garantir a fluidez do trânsito de mercadorias e o abastecimento na região.

OMS + FIFA

Parceria

Organização Mundial da Saúde (OMS) e FIFA se juntaram para uma campanha de conscientização contra o avanço do novo coronavírus.

O objetivo é reforçar nas pessoas a importância de, neste momento, não esquecer de hábitos básicos, como lavar as mãos, tossir seguindo a etiqueta, evitar tocar o rosto, guardar distância física dos outros e ficar em casa.

No vídeo promocional, 28 jogadores fazem apelos em 13 idiomas (assista).

 


SDSDSD

Razões do adiamento

Por causa da pandemia de Covid-19, o primeiro-ministro japonês, Abe Shinzo, e o Comitê Olímpico Internacional oficializaram o adiamento dos Jogos de Tóquio - programados para 24 de julho.

As Olimpíadas deverão ser realizadas em 2021.

O comunicado oficial está aqui.

 


TELEFONEMA

Bolsonaro e Xi

O presidente Jair Bolsonaro telefonou hoje cedo para o presidente da China, Xi Jinping.

No Twitter, o brasileiro escreveu sobre a conversa.

 


COMÉRCIO EM JANEIRO

Vendas caem

O IBGE divulgou mais cedo dados de janeiro do comércio varejista nacional que indicam um recuo de 1% frente a dezembro de 2019. Frente ao mesmo mês do ano passado, o setor cresceu 1,3%.

Os detalhes estão aqui.

 

AGENDA

BOLSONARO - O presidente Jair Bolsonaro recebe pela manhã o ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) e tem videoconferências com governadores do Centro-Oeste e do Sul.

BNDES - O presidente Gustavo Montezano tem videoconferências hoje com representantes da ViaVarejo e da Febraban.

GUEDES - O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem hoje - entre outros compromissos - videoconferência com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e call com o diretor-presidente da Oi, Rodrigo Abreu.

EDUCAÇÃO

Aprendendo em casa - Quais são e como funcionam os cursos on-line (e gratuitos) oferecidos pelo CIEE.

SABER

Livros - Tudo sobre conservação preventiva explicado em manuais fáceis de baixar (saiba mais).

SUSTENTÁVEL

Micro-casas - Otimização de espaços e autossuficiência em projetos inovadores (saiba mais).

TECH

Robôs favoritos - Os melhores aspiradores de pó já inventados, seus preços, funcionalidades e por que é tão bom vê-los fazer tudo sozinhos (veja).

BEM-ESTAR

Mitos da Covid-19 - Informações (confiáveis) sobre a pandemia que são úteis ao dia a dia prontas para serem compartilhadas (saiba mais).

Atualizado em: 24/3/2020 15:53