terça-feira, 2 de março de 2021

COLUNAS

Publicidade

Deontologia, WhatsApp e Fake News

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Estudo detecta ação de empresas em campanhas de desinformação. Gosto muito deste tema, porque mostra como a nossa opinião é manipulada constantemente. Ética e pós-verdade foi discutido em Oxford em 2006. Esse novo estudo traz novos números. A quantidade de países onde esse fenômeno ocorre é 92% superior à registrada em 2019 e mais que o dobro do que o contabilizado em 2018. Os autores do estudo integram um grupo da universidade britânica que desde 2016 mapeia a ação global de "tropas virtuais" ligadas a atores políticos que disseminam a prática de propaganda computacional na internet - isto é, o uso de algoritmos, automação e contas operadas por humanos para espalhar informações e propagandas enganosas nas redes sociais.

Hoje um aluno me perguntou se era recomendável deletar do WhatsApp, fotos e mensagens íntimas, antes da entrada em vigor das novas regras de privacidade. Argumenta que para ele não ficou claro quais seriam as informações compartilhadas com o Facebook e se a troca de informações acarreta um risco a privacidade. A arquitetura do compartilhamento está obscura.

Estava o aluno preocupado  com a sua privacidade a e de sua família, amigos e clientes. No dia 15, a partir das 19h convidei dois especialistas para uma reunião da Comissão de Direito Digital da OAB/SP Butantã. 

A divulgação de que o WhatsApp passou a obrigar seus usuários a compartilhar dados pessoais com o Facebook - empresa que é dona do serviço de mensagens desde 2014 - levou milhões de pessoas no mundo a buscar outras alternativas de aplicativos de conversas, como Signal e Telegram, nos últimos dias.

Por trás das alterações está o lançamento de um novo serviço pelo Facebook para gerenciar conversas de empresas com consumidores pelo WhatsApp, mensagens que têm sua transmissão criptografadas, mas cuja privacidade não tem proteção absoluta como em uma conversa privada com amigos. Todos nós estamos sendo monitorados todo o tempo. Chegou a era do fim da privacidade. Muitas pessoas estão saindo do aplicativo e buscando outras opções para troca de mensagens. O que a teoria moral  pode  orientar nossas escolhas sobre o que deve ser feito? 

Atualizado em: 21/1/2021 07:37

Publicidade