quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

COLUNAS

Publicidade

Marketing criminalista

sexta-feira, 5 de julho de 2019

A amiga Amanda Barros comenta:

"Sou advogada criminalista e tenho escritório em Goiânia. Gostaria de saber dicas de como se destacar na área criminal por meio do Marketing Jurídico, pois muitas vezes ficamos com receio de violar o Estatuto de Ética da OAB ao divulgarmos os nossos diferenciais de atuação".

Amanda, obrigado pela pergunta. É importante entender que, mesmo dentro do Estatuto, podemos fazer muitas ações de marketing dentro da ética. Então não tenha medo do Código, simplesmente entenda que existem algumas limitações que, ao meu ver, são benéficas para resguardar a imagem do advogado sério.

Com relação à sua pergunta, vamos lá. A Advocacia criminal é realmente um capítulo a parte no marketing jurídico. Ao passo que em outros tipos de advocacia você consegue ser mais proativo em função de novos negócios, no Direito Criminal, pela própria concepção de sua atuação, a coisa fica um pouco mais restrita ainda.

Mas não se desespere. O foco do marketing jurídico dentro de um projeto voltado ao criminal (obviamente estou falando em um modo geral pois cada escritório e sócio tem sua estratégia customizada pela sua atuação específica e perfil) passa necessariamente por se tornar "Top of Mind" do mercado, ou seja, em primeiro lugar, deve-se criar uma imagem extremamente reconhecida no mercado. Se você pensar em tornar-se uma "microcelebridade" no âmbito criminal, estará no caminho certo.

E como isso acontece?

A resposta é simples: gerar tanto conteúdo que o mercado comece a ver você como uma referência do setor e, portanto, como a pessoa mais capaz para atuar nos problemas decorrentes.

E quais as ferramentas de marketing que envolvem essa criação de imagem concreta? Aqui vão algumas:

Artigos: a criação de opiniões mensais é mandatória para essa imagem de "entendedor" do assunto. Ou seja, se você ainda não começou a colocar suas opiniões no papel, pode iniciar.

Vídeo-Artigos: a variação mais prática do item acima acaba sendo um item de fácil operação e fácil consumo pelo mercado atual. Filme-se dando sua curta opinião (2-3 minutos) a respeito de tudo que influencia e tem relevância para seu público alvo. A propósito: como anda seu canal no Youtube?

Imprensa: aparecer nas mídias, sejam impressas ou eletrônicas, é um meio certeiro para que as pessoas se lembrem de você como referência do seu setor. Aqui abrimos uma subdivisão do item, com a ferramenta Assessoria de Imprensa, que facilita sua entrada em diversas dessas mídias.

Newsletter: tenha sempre sua base de contatos (ativos, inativos e pessoas que já tenham seu contato) atualizada e recebendo informações (artigos, opiniões, suas palestras, suas vitórias, as mídias que você saiu, etc). Elas constantemente têm que lembrar de sua atuação criminal.

Adwords: promova todos os itens acima comentados em Links Patrocinados com palavras chave adequadas. Não saia vendendo seu escritório nos links, mas sim levando informação focada.

CV: não se esqueça que um currículo com diversos cursos e estudos setorizados sempre é mais atrativo para o público que quer te ver como o "salvador da pátria".

A ideia aqui é rechear o mercado com informações e lembretes constantes de suas realizações de sucesso para sejamos o primeiro a despontar na cabeça daquele que comete algum ato ilícito e precisa de socorro.

Espero ter ajudado!

Confira toda sexta-feira a coluna "Marketing Jurídico" e envie suas dúvidas sobre marketing jurídico, gestão de escritórios, cotidiano dos advogados empreendedores ou dúvidas gerais sobre o dia a dia jurídico por e-mail (com o título Coluna Marketing Jurídico) que terei um grande prazer em ajudar.

Bom crescimento!

Atualizado em: 4/7/2019 14:00

Publicidade