terça-feira, 19 de janeiro de 2021

COLUNAS

Publicidade

Obras complementares para advogados

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

O amigo Paulo R. Petrônio comenta:

"Por favor cite algumas obras interessantes para formação do advogado. Obrigado". 

Paulo, obrigado pelo pedido. Imagino que aqui você esteja querendo saber de obras complementares ao que o advogado aprende na faculdade. Vamos lá então. 

Antes de dar as dicas de leitura, primeiro gostaria de colocar quais são os pilares que considero como principais em uma estrutura organizada de um escritório jurídico. Na minha concepção, são elas: Administrativo, Financeiro, Recursos Humanos, Marketing Jurídico e Produção Técnica. Com exceção da última, que obviamente todo advogado deve ter se encantado na faculdade com os caríssimos livros, pontuarei cada uma delas, já indicando uma leitura interessante. 

Administrativo:

É o pilar que lida com toda a parte estrutural do escritório. Uma área incorporada nesse pilar é o TI do escritório, assim como algumas ferramentas de Gestão Legal.

Palavra-chave: Estrutura.

Dica de leitura: Administração de Empresas - Teoria e Funções com Exercícios e Casos - Gilmar Masiero 

Financeiro:

É o pilar que lida com toda a parte monetária do escritório, como pagamentos, recebimentos e cobranças.

Palavra-chave: Dinheiro.

Dica de leitura: Administração Financeira e Orçamentaria - Teoria e Questões - Sérgio Mendes 

Recursos Humanos:

É o pilar que lida basicamente com as pessoas no escritório, seja para contratação/demissão, seja para pagamentos e melhorias envolvendo os colaboradores.

Palavra-chave: Pessoas.

Dica de leitura: Administração de Recursos Humanos - Fundamentos Básicos - Idalberto Chiavenato 

Marketing Jurídico:

É o pilar que lida com toda a estratégia de posicionamento, estruturação da imagem corporativa, retenção e obtenção de novos clientes.

Palavra-chave: Estratégia.

Dica de leitura: bom, aqui eu tenho um sério problema. Apesar de acreditar que meus livros ajudam bastante o advogado a saber como implementar o marketing em seu escritório, não me sinto a vontade para colocar meu nome aqui como dica. Vamos fazer o seguinte então: escreva "livro marketing jurídico" no Google e veja que existem diversas e diversas obras sobre o assunto, nos mais diversos ângulos possíveis. 

Vale lembrar que de nada adianta ler estas obras e não colocar em prática nada. Você tem a capacidade de transformar estes parágrafos em ação real e resultado efetivo. Esse é o foco principal e nenhum livro vai poder fazer isso por você. 

Espero ter ajudado. 

Confira toda sexta-feira a coluna "Marketing Jurídico" e envie suas dúvidas sobre marketing jurídico, gestão de escritórios, cotidiano dos advogados empreendedores ou dúvidas gerais sobre o dia a dia jurídico por e-mail (com o título Coluna Marketing Jurídico) que terei um grande prazer em ajudar. 

Bom crescimento!

Atualizado em: 28/8/2020 08:54

COORDENAÇÃO

Alexandre Motta é consultor e sócio diretor do Grupo Inrise. Com formação e pós-graduação em marketing pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), atuou durante cinco anos em escritório jurídico como responsável pela área de desenvolvimento de negócios e comunicação com clientes. É palestrante oficializado pela OAB (tendo recebido inclusive a Medalha do Mérito Jurídico), escreve artigos de relevância para o mercado atual e é autor dos livros "Marketing Jurídico - Os Dois Lados da Moeda" e "O Guia Definitivo do Marketing Jurídico". Apresenta também o programa de entrevistas Conversa Legal, focado na interatividade dos profissionais do setor jurídico. Desde 2002 mantém, através de sua consultoria, uma clientela de inúmeros escritórios jurídicos sob sua responsabilidade de atuação e crescimento em marketing ético.

Publicidade