sábado, 28 de novembro de 2020

COLUNAS

Publicidade

Porandubas nº 123

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

LULA NO CORPO A CORPO

O presidente Luiz Inácio vai para o corpo a corpo. Se ganhar a luta na arena do Senado e conseguir puxar os três a quatro votinhos que precisa para aprovar a prorrogação da CPMF, arrebentará a boca do balão. Não há quem segure futuras decisões de interesse do Executivo. O rolo compressor esmagará a oposição hesitante.

CHÁVEZ E O DIA D

Domingo será o dia D do comandante Hugo Chávez. O país está dividido : 45% são favoráveis à reforma que permitirá perpetuação do "candidato a ditador" no poder; e 45% são contrários. Se ganhar, o comandante limpará o mapa das oposições. Se perder, continuará a solapar as bases do edifício democrático. Aposto que o amigão de Lula ganhará. Afinal, quem é dono da flauta dá o tom. Ademais, faz conchavo, aliás, "conchávez".

CORRIDA NO SENADO

Pesquisa feita pelo Correio Braziliense com 16 dos 20 senadores do PMDB, entrevistados sobre preferência para a presidência do Senado, mostra Garibaldi Alves bem na frente, seguido de José Maranhão e do próprio Renan. Tem muita água a correr por baixo da ponte.

MÔNICA REVELADORA

O livro de Mônica Veloso é pleno de coisas melosas para enganar o freguês. Revelações de alcova servem, e muito, para vender livro. A moça foi bem orientada. Certas passagens são risíveis. Em tempo : não comprei o livro. Li nos jornais.

JOSÉ MÚCIO, A ÚLTIMA CARTADA

José Múcio é um articulador de primeira. Bom no trato, bom de ouvir, bom de cumprir promessas. Walfrido era considerado lerdo. Sem muita força. Ocorre que o novo ministro da articulação política precisa mostrar, agora, suas habilidades em um espaço meio estranho, que é o Senado. A tarefa de puxar os senadores do PTB, seu partido, para os braços da CPMF é hercúlea. Mas o cofre do governo se assemelha ao do Tio Patinhas. Bate nas nuvens. A conferir.

COSMÉTICA EXPRESSIVA

O cantor-deputado Frank Aguiar solicita ao Ministério do Trabalho que incorpore na Classificação Brasileira de Ocupações o termo "profissional de limpeza" no lugar de faxineiro. Lá já existe a "profissional do sexo". Outras categorias, nessa esteira, certamente vão exigir uma graxa nos nomes. Por exemplo : "profissional da limpeza de sapatos" no lugar de engraxate; "profissional de vendas avulsas nas ruas" no lugar de camelô; "profissional de recepção de casas noturnas" para substituir leão de chácara; "profissional da última pá de terra" no lugar de coveiro. É isso. Enganemos com a cosmética.

TUCANOS AFINAM O BICO ?

Os tucanos acham que ganharão o pleito presidencial de 2010 com José Serra ou Aécio Neves. Afinaram o bico no Congresso realizado semana passada. Decidiram que os senadores votarão em bloco contra a CPMF. Será verdade ? Pelo menos um governador, Cássio Cunha Lima, da Paraíba, prometeu a Lula que reverteria o voto de Cícero Lucena. Se este for obrigado - por conta do fechamento de questão - a votar contra CPMF, poderá sair pela tangente : pedirá licença do cargo para o suplente, de outro partido, assumir e votar a favor da Contribuição. E o PSDB fará o quê ? Um karaokê desafinado.

BERZOINI NA CONTINUIDADE

Apesar da disputa ferrenha entre Ricardo Berzoini, José Eduardo Cardozo, Jilmar Tatto e Valter Pomar, as chances maiores estão do lado do primeiro. Se a disputa for para o segundo turno, os perdedores deverão fechar com Berzoini. Afinal de contas, é o candidato de Lula e do entorno presidencial. Tem o apoio de 3 senadores e 21 deputados federais. José Eduardo tem 2 senadores e 15 deputados federais a favor. Tatto conta com o apoio da ministra Marta Suplicy e de 16 deputados federais, enquanto Pomar tem 5 deputados federais a favor. Pelo visto, a situação no PT deverá ser "mais do mesmo".

CIÚME BESTA

A campanha do PSDB na TV é das mais bestas que já se viu neste país. Dizer que o PT copiou tudo dos tucanos não leva a nada. É patinar sem sair do lugar. Parece mesmo briga de criança mimada. Os tucanos perderem o senso.

SERRA ANDANTE

O governador José Serra até que tem perambulado por plagas estrangeiras. Vez ou outra, sabe-se da peregrinação internacional desse tucano de bico grosso. Agora, correr pelo Brasil é coisa que não entra em seus hábitos. Serra aprofunda a identidade paulista. Parece ter jeriza a andar pelos espaços nacionais. Hoje, tem bom recall nas pesquisas. Mas, amanhã, continuará exibindo boa performance ? Se não abrir o olho, ficará para trás. Não basta apenas o bico tucano.

O TOM DA TV PÚBLICA

A TV Pública que o governo Lula quer inaugurar nas próximas semanas já tem um Conselho Curador. Que reúne perfis variados. Mas a pluralidade garantirá linha editorial plural ? Essa é a questão. Os dirigentes que põem a mão na massa costumam impregnar os conteúdos com suas visões particulares, ou seja, com suas formações e deformações. São eles que darão o tom cotidiano da TV. O que, por exemplo, o Conselho Curador da Fundação Anchieta diz a respeito da programação da TV Cultura, em São Paulo ? Apita nada. Por conseguinte....

A VIDA PESSOAL

A vida pessoal dos dirigentes acabará ingressando na arena do pleito presidencial. Vide disputa Lula contra Collor. Vide recente affaire Renan Calheiros. Os presidenciáveis que se cuidem. Estamos no Brasil.

CAREPA, CARAMBA

A governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, caramba, culpa os antecessores pela barbárie sofrida pela menina de 15 anos, presa numa cela com 20 presos em Abaetuba, no Pará. Mais que isso, gastou uma grana com anúncios nos principais jornais brasileiros para manifestar indignação e prestar solidariedade à adolescente. Carepa - o sobrenome lembra a exclamação Caramba - é a governadora que contratou uma cabeleireira para tomar conta de sua cabeça. Vive cercada por uma corte. Ana Júlia frui as delícias de uma vida em Palácio.

LUIZA VAI AO PARÁ

A deputada Luiza Erundina coordena a Comissão da Câmara que foi, ontem, ao Pará para investigar os casos de abusos contra adolescentes. Promete encaminhar a esta Coluna os resultados de suas observações.

PROCESSO CONTRA JÔ ?

O Ministério Público pensa em processar Jô Soares por comentários que teria feito sobre cirurgia de clitóris em países africanos. Pelo que se ouviu, o conteúdo denotaria discriminação contra as mulheres africanas. É preciso atentar para o contexto e a natureza do programa, o clima da platéia, as circunstâncias. Trata-se de um programa com toque humorístico.

LIMITES TÊNUES

Os limites entre brincadeira e seriedade são muito estreitos em programas com aquele formato. Basta ver os sarros diários - com forte viés discriminatório - que David Letterman, no seu programa, tira de figuras exponenciais, a partir do presidente George Bush, atrizes e políticos de outros países. Piadas sobre identidade, casos escabrosos e preferência sexual de políticos e estrelas são freqüentes. Observe-se que, nos Estados Unidos, a trilha do "politicamente correto" é seguida com rigor. Fosse aqui, Letterman estaria enfrentando o milésimo processo.

CADÊ O CHINAGLIA ?

Arlindo Chinaglia, presidente da Câmara, deu um mergulho. Pode ser o candidato petista à prefeito de São Paulo, caso Marta Suplicy desista de enfrentar o tucano Geraldo Alckmin.

FERVURA EM RORAIMA

O clima vai esquentar em Roraima, caso a Polícia Federal decida fazer a operação arrastão nas terras da reserva Raposa Serra do Sol. Ali vivem famílias de agricultores há muitas décadas. O Exército é contrário à desocupação, distinguindo, até, uma questão da segurança. A desocupação deixará o espaço para poucos índios e muitos "invasores" de ONGs estrangeiras e aves de rapina especializadas em surrupiar minérios às escondidas.

FRENTE DE BATALHA

Quem comanda a frente de batalha em defesa dos agricultores é o aguerrido senador Mozarildo Cavalcanti, cuja atuação parlamentar tem se caracterizado pela coerência. Para quem ainda não sabe : o governo estadual tem jurisdição sobre apenas 7% das terras do Estado (isso mesmo, 7%), mesmo assim, parte destas, na região sudoeste, é alagada. Mas o governo federal usa os óculos que as ONGs internacionais lhe ofereceram. O contrabando e o roubo de nossas riquezas agradecem.

UFA, SOMOS RICOS E NÃO SABÍAMOS

Até que enfim, entramos no paraíso. Temos um alto índice de desenvolvimento humano. Não existe trabalho escravo no Brasil. É mentira que uma menina de 15 anos tenha sido presa junto a 2 adultos. É mentira que não temos gente subnutrida. Que a mortalidade infantil seja muito alta. Pois a verdade apareceu luminosa : nosso IDH é de 0,800, só um pouco abaixo da Argentina, que é de 0,869. Imaginem o que presidente Luiz Inácio dirá sobre o fato. Começará assim : "nunca na história desse país..."

CONSELHO A ANA JÚLIA CAREPA

Esta Coluna dedica sua última nota a pequenos conselhos aos políticos e governantes. Na semana passada, o espaço foi dedicado ao ministro Gilberto Gil. Hoje, volta sua atenção para a governadora do Pará, Ana Julia Carepa :

1. O dinheiro do Estado gasto com anúncios que exaltam a Cidadania - maneira de encobrir a barbárie cometida numa cadeia do Estado contra uma adolescente - poderia ser usado na melhoria de salas de aulas, por exemplo.

2. Enfrente a barbárie com coragem, não com anúncios pagos em jornais.

3. Apresente um programa objetivo de construção de penitenciárias com celas exclusivas para mulheres.

4. Conheça melhor o Estatuto da Criança e do Adolescente.

________________

Atualizado em: 28/11/2007 08:37

COORDENAÇÃO

Gaudêncio Torquato jornalista, consultor de marketing institucional e político, consultor de comunicação organizacional, doutor, livre-docente e professor titular da Universidade de São Paulo e diretor-presidente da GT Marketing e Comunicação.

Publicidade