sexta-feira, 23 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Mulheres. Valorizemo-las

Março. No oitavo dia deste mês comemoramos todos os anos o Dia Internacional das Mulheres. Foi nesta mesma data há muitos anos atrás que cento e vinte e oito mulheres foram trancadas e queimadas dentro de uma fábrica por seus patrões nos Estados Unidos. Motivo: reinvidicavam direitos iguais para homens e mulheres.

terça-feira, 8 de março de 2005

Mulheres. Valorizemo-las


Alcimor Aguiar Rocha Neto*

Março. No oitavo dia deste mês comemoramos todos os anos o Dia Internacional das Mulheres. Foi nesta mesma data há muitos anos atrás que cento e vinte e oito mulheres foram trancadas e queimadas dentro de uma fábrica por seus patrões nos Estados Unidos. Motivo: reinvidicavam direitos iguais para homens e mulheres.

Em 1910 na Dinamarca houve uma Convenção das Mulheres Socialistas, onde uma representante do evento propôs que o dia 08 de Março se tornasse o Dia Internacional da Mulher. Proposição aceita naquele país, rapidamente se difundiu para todo o mundo e até hoje todos os dias 8 de março comemoramos o dia da Mulher.

Elas conquistaram bastante. A reivindicação por direitos iguais para homens e mulheres, lançada originariamente por uma francesa em 1791, sob o título de Declaração de Direitos das Mulheres, não parou mais e surtiu (e continua surtindo) efeitos positivos. As mulheres nos dias de hoje gozam dos mesmos direitos dos homens mas continuam sofrendo preconceitos de diversas espécies, principalmente preconceitos profissionais, domésticos e sexuais.

A razão para tais preconceitos é histórica, e não se acaba definitivamente com uma idéia, antes tida como dogmática, em tão pouco tempo. O preconceito tende a diminuir com o passar dos anos, na medida em que as gerações atuais e futuras passarem a ver este problema como algo ridículo e inconcebível (como devem ser tratados e pensados os preconceitos).

A importância das mulheres para o mundo raramente é trazida à tona. Sem elas não existiríamos. Mas talvez sem os homens elas existiriam, porque com os avanços médico-científicos elas já podem conceber sem nossa participação no processo de reprodução. Quando afirmo que sem elas não existiríamos, afirmo em dois sentidos, quais sejam, o biológico e o psicológico. O biológico porque não há processo de reprodução sem a mulher (a recíproca não é verdadeira, com já dito), e o psicológico porque o que torna um homem, homem é ter uma mulher ao lado, e sem esta não há onde aquele se apoiar emocionalmente.

É um absurdo termos que ter um dia internacional da mulher para lembrarmos da importância delas. Porque não há um dia internacional dos homens? As más línguas dizem que o homem não tem um dia internacional porque todos os dias do ano são dias dos homens, o que também é um absurdo.

Homenagemo-las, então, e saudemo-las neste dia tão especial que para mim é apenas mais um dia das mulheres, no meio de trezentos e sessenta e quatro outros.
____________

*Bacharelando em Direito






____________

Atualizado em: 8/3/2005 07:59

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

É Autor Migalhas? Faça seu login aqui

AUTORES MIGALHAS

Eliseu Mota Júnior

Migalheiro desde 2008

Izabella Alves Saraiva

Migalheira desde 2017

Sidnei Beneti

Migalheiro desde 2013

Carlos Araujo

Migalheiro desde 2014

Arthur Coimbra Calixto

Migalheiro desde 2020

Gisele Meneses do Vale

Migalheira desde 2020

Giulia Rios

Migalheira desde 2020

Nelson Eizirik

Migalheiro desde 2008

José Henrique Mouta

Migalheiro desde 2020

Clóvis Guido Debiasi

Migalheiro desde 2011

Publicidade