quinta-feira, 22 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

CVM deixa de exigir a publicação em jornais dos avisos obrigatórios em ofertas públicas

Fernando dos Santos Zorzo e Gustavo Ferrari Chauffaille

Instrução da CVM elimina obrigatoriedade da publicação de atos e fatos relevantes nos jornais da companhia emissora de ofertas públicas

segunda-feira, 12 de maio de 2014

No esteio da recém editada Instrução CVM nº 547, de 5 de fevereiro de 2014, que alterou a Instrução CVM n° 358, de 3 de janeiro de 2002 ("Instrução CVM 358") e a Instrução CVM n° 480, de 7 de dezembro de 2009, e passou a permitir a divulgação de atos e fatos relevantes de companhias abertas por meio de portais de notícias com página na Internet, a Comissão de Valores Mobiliários ("CVM") editou no último dia 5 de maio de 2014 a Instrução CVM nº 548, que eliminou a obrigatoriedade de publicação nos jornais da companhia emissora dos avisos obrigatórios em ofertas públicas reguladas pela Instrução CVM nº 400, de 29 de dezembro de 2003.

A partir de agora, os avisos e anúncios previstos na Instrução CVM nº 400 (aviso ao mercado, anúncio de início e anúncio de encerramento) devem ser tornados públicos mediante divulgação, com destaque, na página da Internet (i) da emissora, se houver; (ii) do ofertante; (iii) da(s) instituição(ões) intermediária(s); (iv) das entidades administradoras de mercado organizado de valores mobiliários onde os valores mobiliários da emissora sejam admitidos a negociação; e, por fim (v) da CVM. A publicação dos avisos e anúncios em jornais impressos ainda é permitida, podendo ser realizada com conteúdo resumido incluindo a indicação das páginas da Internet onde o conteúdo completo poderá ser obtido pelos investidores, e os respectivos hyperlinks, sempre que possível.

Em linha com a alteração recentemente introduzida também à Instrução CVM nº 358, a Instrução CVM 548 determina que as divulgações sejam feitas, sempre que possível, antes da abertura ou após o encerramento do pregão.

Com a edição da Instrução CVM 548 a CVM avança com as medidas de diminuição de custos de acesso ao mercado de capitais brasileiro, privilegiando a mídia eletrônica como instrumento adequado e suficiente de divulgação e disseminação de informações ao mercado.

______________

*Fernando dos Santos Zorzo é sócio da área Empresarial de Pinheiro Neto Advogados







*Gustavo Ferrari Chauffaille é associado da área Empresarial de Pinheiro Neto Advogados






** Este artigo foi redigido meramente para fins de informação e debate, não devendo ser considerado uma opinião legal para qualquer operação ou negócio específico.

© 2014. Direitos Autorais reservados a PINHEIRO NETO ADVOGADOS



Atualizado em: 12/5/2014 08:52

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

É Autor Migalhas? Faça seu login aqui

AUTORES MIGALHAS

Clèmerson Merlin Clève

Migalheiro desde 2004

Gustavo Brechbühler

Migalheiro desde 2011

Ingo Wolfgang Sarlet

Migalheiro desde 2005

Ana Luiza Daólio

Migalheira desde 2020

Lama Ibrahim

Migalheira desde 2020

João Ricardo Tavares

Migalheiro desde 2020

Roberto Mortari Cardillo

Migalheiro desde 2011

Vicente Coelho Araújo

Migalheiro desde 2009

Ana Luisa Porto Borges

Migalheira desde 2006

Diego Diniz Ribeiro

Migalheiro desde 2007

Adriana Filizzola D'Urso

Migalheira desde 2014

Publicidade