quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Serviços jurídicos X inovações tecnológicas: evolução ou substituição?

Com o surgimento destas e de outras tecnologias no mundo jurídico, o grande diferencial competitivo das bancas estará no resultado estratégico que será entregue ao cliente.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Não passamos mais um dia sem ouvir falar sobre o impacto das novas tecnologias em nossas vidas, carreiras e profissões.

No mundo jurídico não é diferente; se propagam informações de que as novas tecnologias, cada vez mais aderentes às complexidades de uma ciência humana e suas inerentes interpretações, vão mudar em definitivo a forma dos negócios jurídicos, de como os advogados prestam seus serviços e atendem seus clientes.

Tudo isto já tem acontecido e o que se vê nas soluções que borbulham pelo mundo é que estas novas tecnologias não vão substituir os advogados, mas sim elevar o nível de serviços jurídicos a patamares de qualidade e celeridade nunca antes alcançados.

Estas novas ferramentas estão trazendo aos advogados soluções como a possibilidade de realizar pesquisas jurídicas sobre um tema específico, em diversas legislações e jurisprudências nacionais, agregando o Direito Comparado, com uma pergunta simples, em linguagem natural, recebendo, em minutos, a resposta da "máquina" com os insights e informações que devem ser considerados para aquele aconselhamento jurídico específico.

E, quanto mais perguntas e pesquisas os advogados fazem, quanto mais afinam suas consultas, mais a "máquina" aprende, mais ampla fica sua pesquisa, mais correlações são realizadas e mais assertivas ficam suas respostas. Esta é a proposta, por exemplo, do Ross.

Existem, ainda, soluções que prometem entregar aos advogados e aos seus clientes maior previsibilidade nos julgamentos, como a Lex Machina.

São aplicações que cruzam uma série de dados, informações e conseguem devolver aos advogados insights organizados que indicam riscos de perdas e ganhos da ação sobre aquele assunto específico, considerando o entendimento daquele tribunal, do julgador, os entendimentos jurisprudenciais, a estratégia comumente adotada pela parte contrária, estabelece faixas de risco de ganhos e perdas, etc.

Estas soluções prometem promover uma qualificação da análise prévia à propositura ou defesa de uma ação judicial, pois os advogados atuarão com direcionamentos claros sobre as estratégias que devem utilizar, tornando a sua atuação cada vez mais especializada e, para seus clientes, permitirá uma assertividade crescente nas contingências e riscos auferidos e/ou assumidos.

Merecem destaque também as soluções que conseguem ler documentos consultados e devolver aos advogados apontamentos que devem ser considerados, por exemplo, na revisão de um contrato, na elaboração de uma minuta e na revisão de documentos.

Uma destas soluções, o Beagle, promete aos advogados ou qualquer pessoa que pretenda analisar um contrato que, após fazer o up load da minuta na plataforma e realizada uma análise automática em segundos, receba apontamentos sobre as informações chaves e riscos para aquele negócio específico que devem ser considerados/observados na revisão e assinatura do termo.

Percebe-se que o movimento de inserção de novas tecnologias no dia a dia dos serviços jurídicos é, portanto, uma realidade sem retorno e, certamente, trará mudanças profundas neste disputado mercado.

Porém, por enquanto, o que se vê é que estas novas tecnologias não substituirão os advogados em definitivo, mas permitirão que dediquem seu limitado tempo mais para o atendimento e orientação dos seus clientes do que para longas pesquisas dos temas consultados.

Com o surgimento destas e de outras tecnologias no mundo jurídico, o grande diferencial competitivo das bancas estará no resultado estratégico que será entregue ao cliente. Os advogados terão que traçar novos caminhos e entregar mais do que ações ganhas na Justiça. Sua banca está preparada para isso?

____________

*Gustavo Pinhão Coelho é gerente Jurídico do Pires & Gonçalves - Advogados Associados.


Atualizado em: 7/6/2017 07:55

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Sílvio de Salvo Venosa

Migalheiro desde 2019

Celso Wanzo

Migalheiro desde 2019

Sérgio Roxo da Fonseca

Migalheiro desde 2004

Láiza Ribeiro

Migalheira desde 2020

Márcio Aguiar

Migalheiro desde 2020

Miguel Reale Júnior

Migalheiro desde 2003

Cleanto Farina Weidlich

Migalheiro desde 2007

Levi Rezende Lopes

Migalheiro desde 2020

André Lucenti Estevam

Migalheiro desde 2020

Luís Roberto Barroso

Migalheiro desde 2003

Italo Bondezan Bordoni

Migalheiro desde 2019

Publicidade