terça-feira, 27 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Reforma Trabalhista. Quadro comparativo e breves comentários a respeito de todas as alterações.

Elaboramos material com a comparação entre a antiga e a nova legislação, bem como com a interpretação de todos os dispositivos alterados pela Reforma Trabalhista.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

A Reforma Trabalhista em vigor a partir do dia 11/11/17 acarretou diversas mudanças, seja no que concerne ao direito material do trabalho, seja no âmbito processual trabalhista.

As alterações foram tão significativas e impactantes que atingiu não só a lei 5.452/43 (CLT) como, também, a legislação complementar, tais como as leis 6.019/74 (que dispõe sobre o trabalho temporário), 8.036/90 (que dispõe sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), e 8.212/91 (que dispõe sobre a organização da Seguridade Social).

Muitos dispositivos foram alterados e outros simplesmente revogados na sua integralidade contrariando, inclusive, súmulas e demais precedentes anteriormente editados pelos Tribunais Trabalhistas.

De toda forma, não obstante alguns órgãos serem totalmente refratários às modificações que foram inseridas pela lei 13.467/17, acredita-se que as mesmas serão devidamente aplicadas.

Para os antigos contratos a tendência é que os mesmos não sejam atingidos, haja vista vigorar no direito brasileiro o princípio do direito adquirido, insculpido no artigo 5º, inciso XXXVI, da CF, in verbis:

"a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada".

Entretanto, no campo processual, entende-se que as alterações afetarão todas as ações judiciais imediatamente, considerando o disposto no artigo 1.046 do CPC (aplicado de forma subsidiária ao processo do trabalho) e o princípio tempus regit actum (o tempo rege o ato).

Deste modo, sem a pretensão de esgotar o tema, elaboramos material com a comparação entre a antiga e a nova legislação, bem como com a interpretação de todos os dispositivos alterados pela Reforma Trabalhista. Para ter acesso clique aqui.

____________

*Eduardo Galvão Rosado é advogado do escritório Teixeira Fortes Advogados Associados.

Atualizado em: 13/11/2017 15:21

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Sérgio Roxo da Fonseca

Migalheiro desde 2004

Anna Carolina Venturini

Migalheira desde 2014

René Ariel Dotti

Migalheiro desde 2006

Celso Cintra Mori

Migalheiro desde 2005

Luis Felipe Salomão

Migalheiro desde 2014

Roberto Rosas

Migalheiro desde 2015

Gilberto Bercovici

Migalheiro desde 2007

Jeniffer Gomes da Silva

Migalheira desde 2020

Marília Lira de Farias

Migalheira desde 2020

Murillo de Aragão

Migalheiro desde 2018

Luís Roberto Barroso

Migalheiro desde 2003

Maria Berenice Dias

Migalheira desde 2002

Publicidade