sábado, 24 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Compra segura na Black Friday

Um bom planejamento de atuação na Black Friday é fundamental para as empresas de e-commerce e, se bem feito, serve como uma forma de fidelizar o público consumidor e atrair aqueles outros que ainda tem medo de adquirir produtos pelo comércio eletrônico.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

A Black Friday é um evento tradicional americano realizado sempre na última sexta-feira do mês de novembro, após o feriado do dia de Ações de Graças, sendo a sua principal característica a venda de diversos produtos com promoções e descontos.

No Brasil, a Black Friday chegou timidamente em 2010, cuja reputação foi se consolidando ao longo dos anos para se tornar a terceira data mais importante do ano para os comerciantes, atrás apenas do dia do Natal e dia dos Pais.

Segundo o site e-bit1, em 2016, durante a Black Friday, o faturamento em e-commerce chegou ao patamar de R$ 1,9 bilhão. Para o ano de 2017, a estimativa do Google Brasil é de um crescimento de 20%.

De olho nesse crescimento as empresas de e-commerce precisam se planejar para não incorrer nos principais problemas que ocorrem durante a data2: divergência de preço, indisponibilidade de produtos, falsas promoções, site que fica fora do ar por sobrecarregamento de acessos, sites clonados com o objetivo de enganar consumidores, central de atendimento ineficiente e precário tratamento pós-vendas.

É recomendado aos consumidores verificarem se o site de e-commerce está cadastrado em programas como o Black Friday Legal, que traz mais segurança de sua compra.

Caso ocorra algum problema com a compra realizada, é importante que o consumidor procure os canais oficiais das lojas de e-commerce para buscar solucionar o problema, tais como central de atendimento direto com o vendedor, ligação 0800, e-mail, entre outros. A solução mais rápida e eficiente ainda é com o contato direto com o vendedor.

Caso não obtenha êxito, ainda é possível se valer de sites como o "reclame aqui" e o Consumidor.Gov que servem para mediar os conflitos entre vendedor e consumidor. Esses sites ainda servem de termômetro para o consumidor verificar se existe muita reclamação contra a empresa. Se houver, é recomendado não comprar nessa loja de e-commerce e procurar uma outra com melhor avaliação.

As vendas via e-commerce é uma tendência que veio para ficar e será o principal meio de compra nos próximos anos. Um bom planejamento de atuação na Black Friday é fundamental para as empresas de e-commerce e, se bem feito, serve como uma forma de fidelizar o público consumidor e atrair aqueles outros que ainda tem medo de adquirir produtos pelo comércio eletrônico. Para o consumidor é uma oportunidade de adquirir produtos com um melhor custo, desde que tome os cuidados necessários.
_________________

1
Reputação de lojas virtuais e dados para o mercado online. Disponível em: <
clique aqui>

2 SOS Black Friday
_________________

*Orlando Delgado é advogado especialista em e-commerce do escritório Martorelli Advogados.

Atualizado em: 23/11/2017 08:13

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS

Lucca Innecco

Migalheiro desde 2020

Sérgio Farina Filho

Migalheiro desde 2003

Ivan Borges Sales

Migalheiro desde 2020

Erika Gisele Lotz

Migalheira desde 2018

Amanda Dorado

Migalheira desde 2020

Luciano Garcia Rossi

Migalheiro desde 2002

Bruno Meneses Lorenzetto

Migalheiro desde 2013

Fernanda Luiza Tumelero

Migalheira desde 2020

Luciana Silva Kawano

Migalheira desde 2020

Alessandro Gil

Migalheiro desde 2020

Fernando Loeser

Migalheiro desde 2019

Evane Beiguelman Kramer

Migalheira desde 2009

Luís Carlos Dias Torres

Migalheiro desde 2014

Publicidade