quinta-feira, 29 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Perdi meu imóvel para o banco, e agora?

Primeiramente, é preciso pontuar que o banco não pode ficar com o bem, o que implica dizer que ele deverá realizar um leilão para vender o imóvel a terceiros.

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Antes de mais nada, calma!!!! Pois ainda existe a possibilidade de reaver o imóvel, renegociar a dívida com o banco e/ou revisar o contrato no poder judiciário.

Primeiramente, é preciso pontuar que o banco não pode ficar com o bem, o que implica dizer que ele deverá realizar um leilão para vender o imóvel a terceiros.

Neste sentido, a lei 9.514/97, que trata dos contratos de alienação fiduciária, prevê procedimentos específicos para que o banco retome o imóvel e efetue a venda.

Caso o banco não atenda aos procedimentos previstos na lei, a retomada do imóvel e/ou o leilão poderão ser suspensos ou anulados judicialmente.

Antes da venda, o banco deverá avaliar o imóvel para que seja apurado o valor de mercado. Uma vez descumprido este procedimento ou não sendo realizada a avaliação de maneira correta, poderá haver a suspensão ou anulação dos procedimentos para retomada do imóvel.

Havendo a nulidade dos atos praticados pelo banco, há a possibilidade de renegociar os termos da dívida, além da viabilidade de revisar o contrato perante o poder judiciário.

Ainda que o imóvel tenha sido arrematado por terceiros, a depender do tipo de contrato celebrado, poderá haver a anulação do leilão, além da viabilidade em negociar com o arrematante eventual permanência no imóvel.

Portanto, seja qual for a sua situação, o melhor é consultar um advogado para verificar se existe alguma medida judicial ou extrajudicial capaz de salvar a possível perda do imóvel para o banco.

__________ 

*Fábio Vasques Gonçalves Dias é advogado.

Atualizado em: 26/9/2019 17:36

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Valmir Pontes Filho

Migalheiro desde 2004

Antonio Pessoa Cardoso

Migalheiro desde 2004

Abel Simão Amaro

Migalheiro desde 2004

Murillo de Aragão

Migalheiro desde 2018

Gustavo Binenbojm

Migalheiro desde 2005

Luis Felipe Salomão

Migalheiro desde 2014

Jones Figueirêdo Alves

Migalheiro desde 2011

Carla Domenico

Migalheira desde 2011

Publicidade