quarta-feira, 21 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Auditoria jurídica: por que ela pode te livrar de problemas no futuro

Luiz Fernando Rocha de Souza

Contar com uma assessoria jurídica eficiente é uma das maneiras de garantir à empresa sustentabilidade e solidez. Entre as ações previstas no escopo da assessoria está a auditoria jurídica, que pode contribuir para a redução de riscos e de futuros prejuízos.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Antes de falar mais a respeito de auditoria jurídica, é imprescindível entender o que é e como funciona uma assessoria da área jurídica. Essa é uma modalidade de atividade jurídica, realizada especificamente por advogados, de maneira habitual, contínua e indiscriminadamente a empresas (pessoas jurídicas), pessoas físicas ou órgãos da esfera pública, conforme prevê o art. 1º, II, da lei 8.906/94.

 

Assessoria jurídica

 

A assessoria jurídica é focada normalmente na prevenção dos riscos, com vistas à percepção de benefícios legais para a empresa. Entre as principais funções desse tipo de assessoria está a contribuição para o sucesso da atividade empresarial.

O assessor jurídico será o responsável por prestar orientação nos âmbitos administrativo e jurisdicional, no que diz respeito à legislação e ao direito. Esse tipo de atividade só é permitido a profissionais devidamente inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), de acordo com o disposto na legislação brasileira.

 

A orientação de uma assessoria especializada garantirá que a empresa esteja com toda a parte jurídica em ordem, eliminando possíveis riscos legais. Nesse caso, riscos que podem tornar-se demandas judiciais. Aliás, um bom planejamento é um dos pilares mais importantes para a empresa, juntamente com a previsão de riscos.

 

O trabalho da assessoria é baseado na advocacia preventiva, que visa evitar prejuízos futuros, com ações judiciais, por exemplo, e anulação de atos por vícios de ordem jurídica. A orientação para a condução de atos, a manutenção adequada de documentação e a tomada de decisões que possam gerar efeitos jurídicos está entre os benefícios desse tipo de serviço.

 

Seja no âmbito da elaboração e da celebração de contratos, seja em processos de compra, venda, contratação ou demissão, a assessoria jurídica pode atuar preventivamente. Dessa maneira, a empresa pode agir dentro da mais estrita legalidade, evitando multas e até mesmo demandas judiciais.

 

Com a constante modificação das leis no Brasil, novas obrigações jurídicas surgem cotidianamente. Por isso, estar atento ao ambiente jurídico da empresa e à antecipação dos riscos garante maior estabilidade e segurança ao empreendimento.

 

Auditoria jurídica

 

Frente a esse cenário, a auditoria jurídica pode ser um passo fundamental para a verificação dos procedimentos e das informações legais. A análise será feita em todos os setores da empresa, com base no levantamento de dados e nas sugestões de adequações.

 

Por meio da auditoria jurídica, é possível disciplinar os processos corporativos das organizações, a fim de evitar erros, minimizar riscos, evitar custos adicionais e prejuízos. Com base no direito empresarial, as questões administrativas, éticas, legais e financeiras do negócio serão avaliadas.

 

Isso torna-se possível porque essa especialidade jurídica baseia-se nos conhecimentos do direito civil, tributário e trabalhista, além das áreas de gestão e finanças. Por isso, uma auditoria jurídica irá auferir mais segurança e garantia de sucesso à empresa.

 

Com foco na prevenção e na identificação de possíveis falhas ou omissões, a auditoria representa a possibilidade de corrigir e de melhorar o processo gerencial da empresa, o que também pode contribuir para a idoneidade e a eficiência do empreendimento, bem como para o respeito no mercado e dos próprios funcionários.

 

Ao mínimo sinal de risco, o auditor avaliará empiricamente os efeitos que podem atingir a empresa, seja em custos de ações trabalhistas ou de descumprimento da legislação tributária, por exemplo.

 

O passo a passo da auditoria

 

A auditoria jurídica terá início com a averiguação dos processos, procedimentos e atribuições de todos os departamentos da empresa. Com base nesse levantamento, serão elaborados relatórios e pareceres jurídicos.

 

Nos casos de regularização ou de adequações à legislação ou a outros aspectos formais, serão expedidas as recomendações necessárias.

Além dos setores administrativo e financeiro, a área de Recursos Humanos, responsável pela contratação de funcionários, também passa pela auditoria. Isso porque essa avaliação pode reduzir os casos de ajuizamento de reclamações e a aplicação de multas.

 

O cruzamento de dados e informações e o levantamento de riscos processuais pode fazer com que a empresa respeite as normas, cumpra as leis e evite gastos futuros com processos judiciais, ações onerosas e penalizações.

 

Assessoria de confiança

 

A fim de que a empresa receba orientações adequadas, é crucial buscar uma assessoria jurídica de confiança. Esse tipo de atuação exige conhecimento profundo de várias áreas do direito.

 

Além disso, o auditor deve ter acesso a informações a respeito da jurisprudência atual, a fim de que a empresa contratante não acabe tendo que arcar com prejuízos inerentes aos serviços efetuados sem o nível adequado de conhecimento de causa.

__________

*Luiz Fernando Rocha de Souza é advogado do escritório Badaró Almeida & Advogados Associados.

 

Atualizado em: 25/9/2019 16:33

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

É Autor Migalhas? Faça seu login aqui

AUTORES MIGALHAS

Rosely de J. Lemos

Migalheira desde 2008

Gaudêncio Torquato

Migalheiro desde 2005

Daniella Zagari

Migalheira desde 2009

Larissa Nunes Pietoso

Migalheira desde 2020

Juliana Arcanjo

Migalheira desde 2020

Augustino Chaves

Migalheiro desde 2020

Mariana Brandão Fantini

Migalheira desde 2020

Giovanna Vanni

Migalheira desde 2019

Márcio Soares Berclaz

Migalheiro desde 2006

Guilherme Pereira Romano

Migalheiro desde 2013

Gabriel M. Borges Prata

Migalheiro desde 2013

Gabriela Wallau

Migalheira desde 2020

Publicidade