quarta-feira, 21 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

A advocacia humanizada e a sua importância

No que diz respeito à advocacia, a maioria das pessoas pré-julga a categoria dos advogados. Tanto é assim que não são poucas as pesquisas que apontam sobre a classe ser uma das menos confiáveis.

sexta-feira, 5 de abril de 2019

É consenso entre as pessoas que, hoje, o mundo e a nossa sociedade atravessam uma grave crise de existência. Aumento na intolerância, na falta de paciência, na robotização dos afazeres diários. E, consequentemente, falta empatia, falta atenção ao próximo e ao que se está fazendo.

No que diz respeito à advocacia, a maioria das pessoas pré-julga a categoria dos advogados. Tanto é assim que não Resultado de imagem para advocacia humanizadasão poucas as pesquisas que apontam sobre a classe ser uma das menos confiáveis. No entanto, as pessoas devem entender que nós, advogados e profissionais da área do direito, somos seres humanos, como qualquer outra pessoa.

Neste sentido, surge a importância da humanização da advocacia. Surge a importância de mostrarmos ao outro que não somos profissionais que buscam ganhar a sua remuneração como meros reprodutores de textos legais, mas sim como representantes outorgados que se preocupam com os seus problemas reais.

Mesmo com o acúmulo de trabalho e de afazeres do dia, é importante salientar e informar ao cliente que o problema dele também é importante como o dos demais. A transparência, a franqueza, a honestidade e a sinceridade são valores fundamentais para esta troca humanizada na hora do atendimento.

Quando há uma maior humanização na relação advogado x cliente, é nítido o reflexo de satisfação em ambas as partes. Transmite confiança. Quebra uma possível arrogância humana por achar que só ele, advogado, como profissional habilitado, entende e deve manifestar-se quanto à demanda.

A mudança neste cenário deve ser dinâmica, partindo de nós e não esperando que os outros mudem. Devemos nós, advogados, estimularmos o cliente a uma visão mais sistêmica do que envolve a demanda dele. Devemos nós, advogados, observarmos o cliente como um ser na sua totalidade, para que ele seja compreendido como um ser humano, e não somente como um número de processo.

É necessário que valorizemos o outro. Valorizando o outro, a justiça será cada vez mais humanizada e aproximada do Direito, e não será, somente, um mero instrumento.

____________

*Matheus Passos da Silva é advogado do Passos & Ricaldone - Advocacia, Assessoria e Compliance

Atualizado em: 4/4/2019 14:58

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

É Autor Migalhas? Faça seu login aqui

AUTORES MIGALHAS

Roberto Benevides

Migalheiro desde 2019

Juliano Tannus

Migalheiro desde 2020

Sérgio Roberto Maluf

Migalheiro desde 2004

Anderson Albuquerque

Migalheiro desde 2019

Guilherme Martin

Migalheiro desde 2017

João Pedro Louzada

Migalheiro desde 2020

Marina Ferraz de Miranda

Migalheira desde 2020

Laura França Silva

Migalheiro desde 2020

Glaucia Alves Gomes

Migalheira desde 2020

Publicidade