sábado, 16 de janeiro de 2021

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo alerta governador sobre despesas com pessoal

A situação apontada pelo Tribunal de Contas é preocupante, porém o Poder Executivo ainda não excedeu 95% da Receita Corrente Líquida com gastos de pessoal.

quinta-feira, 11 de julho de 2019

O Tribunal de Contas do Estado publicou, em 19 de junho de 2019, comunicado1 alertando o chefe do Poder Executivo, João Dória, que as despesas com pessoal2, no primeiro quadrimestre de 2019, resultaram em 45,59% da Receita Corrente Líquida3 do Estado de São Paulo.

A Lei de Responsabilidade Fiscal fixa limites globais da despesa total com pessoal para o Poder Executivo dos Estados em 49% da Receita Corrente Líquida (LC 101, art. 20, II, "c"), sendo esse limite verificado no final de cada quadrimestre (LC 101, art. 22, "caput").

A situação apontada pelo Tribunal de Contas é preocupante, porém o Poder Executivo ainda não excedeu 95% da Receita Corrente Líquida com gastos de pessoal. Caso esse limite seja extrapolado será defeso ao Poder Executivo (LC 101, art. 22, parágrafo único): (a) conceder vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração a qualquer título4; (b) criar cargos, empregos ou funções; (c) alterar estrutura de carreira que acarrete aumento de despesa; (d) prover cargos públicos, admitir ou contratar pessoa5; (e) contratação de horas extraordinárias6.

Situação mais grave seria ultrapassar o limite de 49% da receita corrente líquida com gasto de pessoal, porquanto o Estado de São Paulo deverá, nesse caso, reduzir pelo menos 20% das despesas com cargos em comissão e funções de confiança e exonerar servidores públicos não estáveis (CF, art. 169, § 3º, I e II). Não sendo suficientes tais medidas o servidor público estável poderá perder seu cargo (CF, art. 169, § 4º).

A observância dos limites acima esposados, em razão de todas as consequências fáticas e jurídicas advindas do excesso de gastos com pessoal, é sobremodo importante, pois pressupõe gestão orçamentária responsável.

__________________

1 Comunicado 28/19. 

2 Despesa com pessoal é o somatório dos gastos do ente da Federação com os ativos, os inativos e os pensionistas, relativos a mandatos eletivos, cargos, funções ou empregos, civis, militares e de membros de Poder, com quaisquer espécies remuneratórias, tais como vencimentos e vantagens, fixas e variáveis, subsídios, proventos da aposentadoria, reformas e pensões, inclusive adicionais, gratificações, horas extras e vantagens pessoais de qualquer natureza, bem como encargos sociais e contribuições recolhidas pelo ente às entidades de previdência.

3 Entende-se por receita corrente líquida: o somatório das receitas tributárias, de contribuições, patrimoniais, industriais, agropecuárias, de serviços, transferências correntes e outras receitas também correntes, deduzidos: (a) na União, os valores transferidos aos Estados e Municípios por determinação constitucional ou legal, e as contribuições mencionadas na alínea a do inciso I e no inciso II do art. 195, e no art. 239 da Constituição; (b) nos Estados, as parcelas entregues aos Municípios por determinação constitucional; (c) na União, nos Estados e nos Municípios, a contribuição dos servidores para o custeio do seu sistema de previdência e assistência social e as receitas provenientes da compensação financeira citada no § 9º do art. 201 da Constituição.

4 Exceto as vantagens, aumentos, reajustes ou adequações derivados de sentença judicial ou de determinação legal ou contratual, ressalvadas também as revisões gerais anuais dos funcionários públicos.

5 Salvo reposição decorrente de aposentadoria ou falecimento de servidores das áreas de saúde, educação e segurança. 

6 Ressalvadas as convocações extraordinárias, nos termos do art. 57, § 6º, II, da Constituição Federal e demais situações estabelecidas na Lei de Diretrizes Orçamentárias. 

 

__________________

*Marcelo Cheli de Lima é procurador municipal é pesquisador do grupo de estudos: Orçamentos Públicos: Planejamento, Gestão e Fiscalização da Universidade de São Paulo.

t

Atualizado em: 10/7/2019 16:26

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

João Ibaixe Jr

João Ibaixe Jr

Migalheiro desde 2019
Abel Simão Amaro

Abel Simão Amaro

Migalheiro desde 2004
Taciana Santos Lustosa

Taciana Santos Lustosa

Migalheira desde 2020
Almir Pazzianotto Pinto

Almir Pazzianotto Pinto

Migalheiro desde 2003
Jeniffer Gomes da Silva

Jeniffer Gomes da Silva

Migalheira desde 2020
Scilio Faver

Scilio Faver

Migalheiro desde 2020
Stanley Martins Frasão

Stanley Martins Frasão

Migalheiro desde 2002
Ivan Esteves Barbosa

Ivan Esteves Barbosa

Migalheiro desde 2020
Carlos Barbosa

Carlos Barbosa

Migalheiro desde 2019
Letícia Baddauy

Letícia Baddauy

Migalheira desde 2020
Levi Rezende Lopes

Levi Rezende Lopes

Migalheiro desde 2020
Gabriela Araujo Sandroni

Gabriela Araujo Sandroni

Migalheira desde 2020

Publicidade