sábado, 16 de janeiro de 2021

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Trabalho aos domingos e feriados - MP 905/19

A medida provisória 905/19 mudou completamente o paradigma do trabalho aos domingos e feriados, pois agora a regra geral permite expressamente o trabalho nestes dias

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

A medida provisória 905/19 alterou significativamente as relações de trabalho no Brasil. Dentre essas alterações destaca-se a mudança de padrão no que se refere aos domingos e feriados.

Como regra geral, o trabalho aos domingos era proibido e dependia de negociação coletiva ou de autorização estatal para poder ser praticado. Existiam autorizações permanentes, concedidas por lei para certos tipos de atividades (siderurgia, serviços funerários etc.) e autorizações provisórias que dependiam do preenchimento de vários requisitos.

Imagem relacionadaCom a evolução das relações sociais, o comércio varejista também teve suas atividades permitidas aos domingos, mas ainda dependia de negociação sindical, o que muitas vezes acabava gerando custos extras aos empregadores.

A medida provisória 905/19 mudou completamente o paradigma do trabalho aos domingos e feriados, pois agora a regra geral permite expressamente o trabalho nestes dias.

Esse é o novo padrão, completamente distinto do anterior.

Há, contudo, regras a serem observadas: para o setor de comércio, foi estabelecido que o repouso semanal deverá coincidir com o domingo, no mínimo, uma vez no período máximo de quatro semanas. Já para a Indústria aos domingos deve ser, no mínimo, uma vez a cada sete semanas.

Surge, assim, uma ótima oportunidade para que as empresas adequem suas atividades de forma mais livre e sem intervenção estatal. No entanto, recomenda-se cautela na modificação das escalas e jornadas de trabalho antes da eventual conversão da medida provisória em lei, pois o Congresso Nacional poderá barrar a autorização dada pelo Poder Executivo, como já fez com a medida provisória 881, que foi posteriormente convertida como Lei da Liberdade Econômica.

______________

*Pedro Pezzini Siqueira de Menezes é  advogado  no  Rocha e Barcellos Advogados.


Atualizado em: 15/1/2020 11:03

LEIA MAIS

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Sílvio de Salvo Venosa

Sílvio de Salvo Venosa

Migalheiro desde 2019
Alessandra Okuma

Alessandra Okuma

Migalheira desde 2020
Lilia Frankenthal

Lilia Frankenthal

Migalheira desde 2020
Paulo Henrique Cremoneze

Paulo Henrique Cremoneze

Migalheiro desde 2019
Teresa Arruda Alvim

Teresa Arruda Alvim

Migalheira desde 2006
Luís Roberto Barroso

Luís Roberto Barroso

Migalheiro desde 2003
Gilberto Giusti

Gilberto Giusti

Migalheiro desde 2003
Gabriela Araujo Sandroni

Gabriela Araujo Sandroni

Migalheira desde 2020
Allan de Oliveira Kuwer

Allan de Oliveira Kuwer

Migalheiro desde 2020
Marcelo Branco Gomez

Marcelo Branco Gomez

Migalheiro desde 2020
Luis Felipe Salomão

Luis Felipe Salomão

Migalheiro desde 2014

Publicidade