segunda-feira, 26 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Finalmente em 2020, parabéns Brasil, parabéns ANAN - a Associação Nacional da Advocacia Negra faz 1 ano

Convidando todas as pessoas negros e brancos que tenham a expectativa de um país mais justo, celebramos 1 ano de lançamento e juntos afirmamos: parabéns Brasil, parabéns à Associação Nacional da Advocacia Negra - ANAN, 2020.

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

t

Luis Gama, advogado negro nascido em 1830 na Bahia era filho de Luiza Mahin, negra livre que participou da Revolta dos Malês e sofreu as consequências de sua luta por igualdade: foi perseguida e exilada do convívio familiar. O pequeno Luis aos 10 anos foi vendido pelo próprio pai, homem branco, português. Gama superou tudo isso e provou que havia nascido livre. Com capacidade autodidata alfabetizou-se e seguiu para sua valiosa formação como jornalista, advogado e abolicionista reconhecido como Patrono da Abolição da Escravidão do Brasil.

A primeira Associação Nacional da Advocacia Negra no Brasil tem essa dimensão histórica: a ANAN reúne advogados negros brasileiros com total identidade com os desafios vividos por Luís Gama: superar a falta de oportunidades, superar a desinformação, lutar decisivamente por igualdade racial. Mas não se trata mais da história solitária de um menino negro. Agora a ANAN reúne 5 mil advogados, com grande destaque para a presença das mulheres advogadas que são metade dos associados.

Iniciativa do Dr. Estevão Silva, formado pela UNESP, a ANAN é uma iniciativa solidária que trabalha desde 2016 contra o racismo no Direito, e em prol da valorização da advocacia negra. Finalmente em agosto de 2019 realizou seu lançamento oficial em solenidade na Assembleia Legislativa de São Paulo, com a presença de advogados, ativistas do movimento negro, formadores de opinião e a imprensa.

O objetivo da ANAN é lutar pela maior participação de advogadas e advogados, estudantes e bacharéis negros em órgãos públicos e privados, para que haja a democratização racial no âmbito do Direito. Nessa finalidade, foram estruturados diversos projetos:

GRANDES ENCONTROS ANAN - valiosos encontros no mês da advocacia (agosto) com grandes operadores do direito que, com muita luta, fizeram suas trajetórias de destaque e hoje estão na ANAN abrindo portas para os que estão chegando.

ESCRITÓRIO NACIONAL DA ANAN NAS REDES SOCIAIS - plataforma que promove a fala das advogadas e advogados negros do Brasil, dá visibilidade e permite que a sociedade como um todo tenha acesso  informação de qualidade; em 6 meses já deu voz a mais de 150 profissionais de diversas áreas, com alcance de mais de 1 milhão de pessoas;

ANAN EMPREGA -  projeto que visa a inserção de profissionais negros de todas as áreas, com destaque na área jurídica e de diversas áreas e acompanhamento de profissionais de equipe multidisciplinar: psicólogo(a), pedagogo(a), advogado(a), coaching; visando equalizar oportunidades em grandes e pequenas empresas, em cargos gerenciais, analistas, administrativos, trainees, estagiários e jovem aprendiz, via parcerias com empresas públicas e privadas.

PROJETO DE CONCURSOS ANAN -  auxílio àqueles que querem seguir carreira no serviço público, o que é muito importante, já que é um incentivo aos advogados(as), bacharéis, estudantes negros(as) a ocuparem lugares de destaque que são deles por direito e, contribuírem a redução do racismo estrutural.

GRUPO DE LEITURA ANAN - projeto que que estimula o desenvolvimento do pensamento crítico, por meio do fomento à leitura.

CENSO DA ADVOCACIA NA PANDEMIA - obtenção de informações dos advogados (as) negros (as) e do mercado nesse período desafiador;

BLACK MONEY JURÍDICO - continuidade do trabalho do Censo, para movimentar os trabalhos na Advocacia Negra, com foco especial às mulheres negras advogadas;

O que a ANAN propõe afinal é uma iniciativa histórica, baseada nessa grande união de milhares de advogadas e advogados negras e negros. A proposta é o fortalecimento e a transformação da Advocacia, na perspectiva de levar adiante os direitos e interesses da Advocacia Negra no Brasil.

Para os próximos anos esperem muito mais ANAN. Deixamos aqui nossa saudação à nossa dedicada equipe de Projetos, aos Coordenadores ANAN em todo o Brasil e à Diretoria, pessoas que se multiplicam para mudar a realidade e erradicar o racismo e as desigualdades brasileiras.

Inspirados em Luis Gama, vencendo as dificuldades mais elementares, caminhamos avidamente na direção de uma nova abolição, que agora seja mais ampla e mais próxima de uma verdadeira noção de igualdade racial.

Convidando todas as pessoas negros e brancos que tenham a expectativa de um país mais justo, celebramos 1 ano de lançamento e juntos afirmamos: parabéns Brasil, parabéns à Associação Nacional da Advocacia Negra - ANAN, 2020.

_____________

t*Estevão Silva é presidente da Associação Nacional da Advocacia Negra. 

t

 

 

Atualizado em: 24/9/2020 12:42

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS

Lucélia de Sena Alves

Migalheira desde 2020

Rafael Dinoá

Migalheiro desde 2020

Aline Deparis

Migalheira desde 2020

Camila Parise

Migalheira desde 2006

Ivson C. Araújo

Migalheiro desde 2018

Murilo Melo Vale

Migalheiro desde 2010

Daniel Senna

Migalheiro desde 2020

Anne Joyce Angher

Migalheira desde 2020

Alice Aquino Delgado

Migalheira desde 2019

Cassius Lobo

Migalheiro desde 2017

Jacquelyne Fleck

Migalheira desde 2020

Ana Lúcia Barros

Migalheira desde 2014

Publicidade