quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Como passar em concurso público mesmo trabalhando 8 horas por dia?

O objetivo deste artigo é fornecer um roteiro de estratégias aos estudantes que desejam ser aprovados em exames na área jurídica.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

(Imagem: Arte Migalhas)

(Imagem: Arte Migalhas)

Esta é uma pergunta que tenho ouvido muito, e percebo que muitos estudantes (concurseiros) se sentem desanimados, e muitas vezes pensam em desistir do tão sonhado emprego ou cargo, então depois de ouvir muitos pedidos de como passar em provas e concursos e também de interagir com muitos estudantes concurseiros, resolvi escrever este artigo para ajudar as pessoas que estão na situação que um dia eu já estive, e sei muito bem como é precisar passar em um concurso e não conseguir.

Este é um método que desenvolvi há muito tempo atrás quando eu estudava para concursos, e trabalhava 8 horas por dia ao mesmo tempo, e sempre ouvia de algumas pessoas que nunca iria conseguir, porque concorria com pessoas que estudavam o dia inteiro, que estudavam 10 ou 12 horas por dia, mas eu aprendi nesta jornada fantástica de concurseira que fui um dia, que não basta só estudar, precisa aplicar técnicas, estratégias de estudo, porque se estudar errado, não conseguirá a tão sonhada aprovação ou passará muitos anos para chegar ao podium.

Eu conheço muitas pessoas que se dedicam por muitos anos, mas que não conseguem atingir seu objetivo que é a aprovação naquele concurso desejado, então é possível concluir que existe algo de errado com a forma de estudo daqueles estudantes.

Mas antes de adentrarmos nas explicações e no passo a passo de como você deve fazer para ser aprovado, gostaria de dizer algumas coisas que considero fundamentais em todos os vencedores, sim vencedores, porque passar em um concurso público realmente não é fácil, mas é possível, se fizermos a coisa certa, então vamos lá a primeira coisa,  é não desanimar, SÓ NÃO PASSA NA ORDEM OU EM CONCURSO PÚBLICO SEJA ELE QUAL FOR, QUEM DESISTE ANTES, NÃO ESQUEÇA DISSO!

Agora, quero voltar alguns anos atrás, mais especificamente no ano de 2009/2010, que foi quando eu decidi que queria além de ser advogada privada, também queria ser advogada pública, e no começo eu não tinha nenhum método de estudo, então depois de algumas "bolas na trave", percebi que tinha algo errado com o meu estudo, e passei a criar o meu método de estudo e então comecei a aplicar na prática esses passos, que logo adiante vou explicar para vocês,  e foi assim, que os resultados começaram a aparecer, e que consegui ser aprovada em 6 concursos públicos em sequência.

E também o que é importante ressaltar que não existe mágica, mas é possível ser aprovado em um tempo menor, e mesmo trabalhando 8 horas por dia, desde que seja usado estratégia, e poderão perceber nos passos abaixo que explicarei neste artigo, que existe sim muitas estratégias para se conseguir a aprovação.

E ainda mais, acredite você não vai precisar ter muito dinheiro para fazer cursinhos caríssimos, comprar uma biblioteca inteira ou ter professores particulares à disposição, então de verdade não precisa de tudo isso, precisa usar estratégias de estudo e de organização e otimização do tempo, é isso que te levará a aprovação, sem dúvidas.

Mas, sem mais delongas vamos ao que interessa, que é responder a pergunta do título deste artigo, como passar em concurso público mesmo trabalhando 8 horas por dia?

Aqui vou explicar alguns passos e qual o método que me levaram a aprovação em concursos da advocacia pública:

PASSO 1: Procure estar com a mente boa, com o coração aberto e feliz pela oportunidade de fazer aquela prova, não enxergue como um fardo, mas como uma oportunidade maravilhosa a sua frente, pense como é bom fazer provas, como é abençoado/ abençoada por ter a oportunidade de estar realizando aquela prova, seja positivo, o único concorrente é você mesmo, e afinal você só precisa de uma vaga, certo? Isso realmente faz toda a diferença.

PASSO 2: Se pergunte antes de começar a estudar qual o seu objetivo definido, então tenha um objetivo definido forte, algo que te move e faz o seu coração pulsar forte quando lembra desse objetivo.

PASSO 3: Estude até passar, não para passar em concurso ou outro exame que queira, parece estranho dizer isso, mas não coloque metas de tempo, isso pode gerar ansiedade e te desanimar no futuro, se chegar no prazo e você ainda não passou, portanto, não estipule tempo para a aprovação.

PASSO 4: Decida qual concurso ou exame deseja fazer, mas decida especificamente, o maior erro entre os estudantes aspirantes ao cargo ofertado no concurso, e não ter decisão, fazem prova para juiz do trabalho, juiz de direito, para promotor de justiça , para procurador e por aí vai, eu fiz isso, então decida qual cargo você deseja, por exemplo quando eu decidi que queria ser advogada pública, eu comecei a focar neste tipo de concurso.

PASSO 5: Depois de decidir qual o concurso específico que quer ser aprovado, organize um local de estudo que possa te deixar focado, e claro não pode ser na sala junto com os familiares assistindo TV.

PASSO 6: Procure o edital do último concurso que deseja fazer e identifique quais matérias que são cobradas, quais tem peso maior, e quais por serem menos relevantes poderá deixar de lado se não houver tempo de estudar, por exemplo: Se o concurso escolhido for advocacia pública, as matérias mais relevantes são: Direito constitucional, direito administrativo, processo civil e tributário.

PASSO 7: Identifique a banca organizadora do concurso que você deseja, e então separe as últimas 5 provas de banca organizadora e faça todas as questões, já tentando identificar quais as matérias que possui mais dificuldade, e grifando com marca texto as questões recorrentes, verificando qual o estilo da prova da  banca organizadora, por exemplo :Se a banca cobra mais a letra da lei, se cobra mais jurisprudência dos tribunais, ou se faz mais questões problemas, se costuma fazer pegadinhas nas questões.

Enfim, leia umas duas vezes com bastante calma, prestando atenção em tudo isso, afinal precisa ter familiaridade com a prova, ter o que chamo de intimidade com a prova, porque no dia em que realmente for fazer a prova do seu concurso desejado, ficará muito mais fácil e não terá nenhuma surpresa que poderá te deixar nervoso e dar o famoso "branco".

PASSO 8: Então depois, comece a fazer "flashcards" ou fichários com os textos grifados,  das últimas 5 provas da banca organizadora, hoje em dia existem vários aplicativos de flashcards de memorização, que serão muito úteis, porque depois de um tempo nosso cérebro vai esquecendo aos poucos o que aprendemos, depois que já identificou todas essas questões e tem bastante familiaridade com a prova da organizadora, é o momento de começar a separar o material de estudo sempre levando em consideração o edital do concurso e as matérias mais relevantes, que possuem maior peso, ou que possuem mais questões, por exemplo :No exame da ordem 15% da prova é de questões referentes ao Estatuto da OAB, Regulamento e Código de Ética, que são extremamente curtos, então estudar com afinco esta matéria já vai garantir 15% da prova, isso é estratégia.

Mas se o objetivo é o concurso de advogado público, por exemplo as matérias que deve dar ênfase são:

Direito constitucional, direito administrativo, direito processual civil e tributário/financeiro, nesta ordem inclusive.

Então, esqueça aquela ideia de vencer todo o edital ou de ler todas as doutrinas, não vai dar tempo, e só servirá para te , por exemplo: Tive em várias provas raciocínio lógico, mas eu não abri nenhum material de raciocínio lógico porque? O peso das questões eram menores, eu tinha que começar o estudo do zero, eram poucas questões, pronto, deixei de lado e não estudei esta matéria, esse é só um exemplo de como podemos aplicar estratégias para passar em concursos super concorridos, e quando se trabalha 8 horas por dia, por óbvio possui tempo reduzido para o estudo.

PASSO 9: Agora é hora  de "por a mão na massa" e identificar nas matérias relevantes para o concurso desejado, os temas mais importantes e cobrados nas provas, inclusive das leis esparsas ou extravagantes mais recorrentes nas provas, fazendo fichários/flashcards, por exemplo para concurso de advogado público os temas mais recorrentes são em :Direito constitucional: Princípios fundamentais, direitos e garantias fundamentais (art. 5º CRBF/88), sempre caiu e sempre vai cair nas provas este tema; Administração Pública (art. 37 CRBF/88), controle de constitucionalidade. Direito administrativo: princípios da administração pública, atos administrativos, contratos administrativos e licitações, Lei 8.666/93, Lei 9784/99 Lei do processo administrativo, Lei 13.303/2016 Licitações realizadas pelas estatais, lei de improbidade administrativa, responsabilidade da administração pública. Processual civil: teoria geral do processo, sempre vai cair em provas de concurso ou do exame da ordem, condições da ação, competência, causas de suspensão do processo, regras do ônus da prova, prazos, fazenda pública em juízo, mandado de segurança. Tributário, por exemplo o mais cobrado é ICMS, execução fiscal, competência tributária, princípios constitucionais tributários e credito tributário.

PASSO 10: Após fazer uma leitura dos temas relevantes para o concurso e hora de fazer as revisões, que devem ser semanais,  e assim, separe mais tempo de estudo para a matérias que tem mais questões e maior peso, depois de se sentir confiante e ter feito os fichários/flashcards com as principais leis, e temas da matérias e hora de buscar a jurisprudência e súmulas, sempre escolhendo as mais relevantes para a matéria do concurso, existe um site que separa por temas as jurisprudências e é bastante confiável, o site é www.dizerodireito.com.br, depois de acordo com o tempo pode treinar questões no site www.qconcursos.com.

PASSO 11: Na semana da prova somente faça revisões de todos os fichários /flashcards, lendo com bastante calma e atenção, revise novamente as últimas provas da banca organizadora e sinta-se familiarizado com a prova, não esqueça de ler as súmulas vinculantes mais relevantes daquelas matérias mais cobradas no concurso desejado.

E então, estes 11 passos foram os que me levaram a aprovação em 6 concursos seguidos, e foi o método que eu usei, sem cursinhos caríssimos, e trabalhando 8 horas por dia, então é possível passar em concurso público seja ele qual for utilizando estratégias de estudo, e ainda mais passar em um tempo muito menor que se levaria sem utilizar nenhuma estratégia.

___________

*Jocinéia Zanardini é procuradora e Sócia Fundadora de Zanardini Advogados Jocinéia Zanardini.

t

Atualizado em: 4/12/2020 10:42

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

Publicidade