terça-feira, 20 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

O dano moral

Paulo Guilherme B. Cruz

Desde os primórdios do questionamento sobre a caracterização do dano moral sofrido pela pessoa física, passando-se pela discussão em torno do cabimento do dano moral da pessoa jurídica, até o fim da era da "demanda reprimida" imposto pela Constituição Federal vigente, o instituto do dano moral vem experimentando aprimoramento, mas, a nosso ver, de forma ainda insuficiente a adequá-lo à desejada solução dos onflitos envolvidos no polêmico tema.

terça-feira, 30 de março de 2004

O dano moral


Necessidade de prova - Recente decisão do STJ


Paulo Guilherme B. Cruz*

Desde os primórdios do questionamento sobre a caracterização do dano moral sofrido pela pessoa física, passando-se pela discussão em torno do cabimento do dano moral da pessoa jurídica, até o fim da era da "demanda reprimida" imposto pela Constituição Federal vigente, o instituto do dano moral vem experimentando aprimoramento, mas, a nosso ver, de forma ainda insuficiente a adequá-lo à desejada solução dos conflitos envolvidos no polêmico tema.

 

Se é verdade que o ensinamento do saudoso Alberto Brittar, sobre a desnecessidade de prova do dano moral, vem sofrendo sensível limitação, não é menos verdadeiro que a tormentosa questão, tão complexa quanto à da fixação do valor da indenização respectiva, por muito tempo ainda sacudirá nossos Tribunais.

 

Sabemos que alguns fatos trazem, ínsito em si mesmos, o dano moral, como, por exemplo, a perda de um ente querido, em razão de ato ilícito de terceiro.

 

Todavia, a regra não pode ser estendida a todo e qualquer fato, seja de que natureza for, sem que o exagero deixe de comprometer o equilíbrio do tríplice sustentáculo da indenização, a saber, o dano, a culpa e o nexo causal.

 

Temos sustentado que o dano moral, como, de resto, o dano de qualquer natureza, tem que ser provado, não obstante se reconheça a dificuldade decorrente de sua própria natureza. Tal dificuldade, porém, há que ser superada por aquele que se dispôs a dar início à movimentação da máquina judiciária, não devendo, o menoscabo àquele ônus, comprometer o instituto, assim também se desestimulando o aumento da "indústria das indenizações" que vem proliferando.

 

Em recente acórdão prolatado em processo onde atuamos, o Tribunal de Justiça de São Paulo asseverou:

"Direito à imagem - Indenização - Modelo profissional - Fotografias - Danos materiais caracterizados pela publicação em periódicos nacionais, depois do prazo contratado e pela veiculação em encartes publicitários e em revistas estrangeiras sem autorização - Danos morais, contudo, não caracterizados, por ausência de demonstração nesse sentido - Embargos recebidos".

O entendimento daquele acórdão foi sufragado, por maioria, pelo Superior Tribunal de Justiça, contra cuja decisão foram opostos Embargos Infringentes, rejeitados.

 

Todavia, tendo a parte vencida interposto Embargos de Divergência, foram eles providos, contra os votos dos Ministros Ari Pargendler, Carlos Alberto Menezes Direito e Antonio de Pádua Ribeiro.

 

Contra aquele entendimento interpusemos Embargos de Declaração, ainda não apreciados.

 

O caso citado por nós é exemplo bem recente de muitos outros de que temos tido conhecimento, ou nos quais tivemos oportunidade de atuar, o que vem demonstrar, conforme afirmado, que ainda estamos distantes de uma solução pacífica, sobre o tema.


____________

* Advogado do escritório Peixoto E Cury Advogados









______________

Atualizado em: 29/3/2004 17:13

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

É Autor Migalhas? Faça seu login aqui

AUTORES MIGALHAS

Gabriela Duque Poggi

Migalheira desde 2004

Thais Maria Cordero

Migalheira desde 2019

Alcir Moreno da Cruz

Migalheiro desde 2015

Eduardo Rocca

Migalheiro desde 2004

Lidiane Sant'Ana Simões

Migalheira desde 2020

Juliano Madalena

Migalheiro desde 2020

Adenisio Coelho Junior

Migalheiro desde 2009

Luciana G. Gouvêa

Migalheira desde 2019

João Pedro Leite Barros

Migalheiro desde 2019

Rafael de Lazari

Migalheiro desde 2019

Bruno De Luca Drago

Migalheiro desde 2004

Daniel Costa Rebello

Migalheiro desde 2020

Danielle Anne Pamplona

Migalheira desde 2019

Publicidade