dr. Pintassilgo

São José do Rio Pardo

2006

Elevada a distrito de paz, pela lei nº43, de 16 de abril de 1874, no município de Casa Branca, ficou pertencendo à comarca de Casa Branca.

Incorporado ao município de Caconde pela lei nº 40, de 8 de maio de 1877, ficou pertencendo à comarca de Caconde; revogada esta lei pela de nº 70, de 14 de abril de 1880, voltou a pertencer à comarca de Casa Branca.

Elevado a município, pela lei nº 49, de 20 de março de 1885, continuou a pertencer à comarca de Casa Branca, sendo elevado a termo pelo decreto nº 131, de 9 de janeiro de 1890.

Este município foi elevado a termo reunido ao de Casa Branca, comarca de Casa Branca, por Ato de 5 de fevereiro de 1890; comarca de São José do Rio Pardo, pela lei nº 80, de 25 de agosto de 1892.

Ficou pertencendo à:

Comarca de Casa Branca - 1874

Comarca de Caconde - 1877

Comarca de Casa Branca - 1880

Comarca de São José do Rio Pardo – 1892

Esta comarca foi criada com o município de São José do Rio Pardo. Foram incorporados os distritos de: Grama, pela lei nº 558, de 28 de agosto de 1898; Sapecado, pela lei nº 558, de 20 de agosto de 1898. Foram desmembrados: Grama, pela lei nº 2072, de 4 de novembro de 1925; Sapecado, atual Divinolândia, pela lei nº 2456, de 30 de dezembro de 1953.

Alguns juízes que passaram pela comarca:

  • Dr. Eliseu Guilherme Christiano
  • Dr. Régis de Castilho Barbosa




  • Dr. Orlando Cordeiro




  • Dr. Moacir Braido da Silva




  • Dr. Luis Torres de Oliveira




  • Dr. José Francisco de Oliva




  • Dr. Pedro Alcântara da Silva Leme




  • Dr. Octávio Stucchi




  • Dr. Luis Vicente Pellegrini Porto




  • Dr. José Roberto Vasconcellos




  • Dr. José Augusto Marin




  • Dr. Renato Gonçalves




  • Dr. Rogério Murillo Pereira Cimino




  • Dra. Adaísa Bernardi Isaac



Advogados da década de 50:

  • Dr. Honório Dias Siqueira
  • Dr. Agripino Ribeiro da Silva
  • Dr. João de Oliveira Machado
  • Dr. João Gabriel Nogueira
  • Dr. José Caetano de Lima