dr. Pintassilgo

Cruzeiro

2006

Elevada a freguesia, com o nome de N. S. da conceição do Embaú, em 1846, no município de Lorena, ficou pertencendo ao termo de Lorena e Silveiras, da 1ª comarca de Taubaté; da comarca de Guaratinguetá, pela lei nº 11 de 17 de julho de 1852; termo de Lorena, comarca de Guaratinguetá, pelo decreto nº 1958, de 14 de agosto de 1857; termo de Lorena, comarca de Pindamonhangaba, pela lei nº 16, de 30 de março de 1858, termo de Lorena, comarca de Lorena pela lei nº 21, de 21 de abril de 1866.

Elevada a vila com o nome de Vila da Conceição de Cruzeiro, em 1871, continuou a pertencer à comarca de Lorena, termo de Bocaina ( Bocaina e Cruzeiro) comarca de Lorena, por Ato de 27 de Maio de 1890, comarca Bocaina, pela lei nº 80, de 25 de agosto de 1892, comarca de Cruzeiro, pelo Decreto nº 6.447, de 19 de maio de 1934. Foi instalada em 12 de outubro de 1934.

A comarca de Bocaina tomou o nome de Cachoeira pela Lei 1470, de 29 de outubro de 1915.

Tendo a lei nº 789, de 2 de outubro de 1901, mudando a sede do município de Cruzeiro para a povoação da estação do mesmo nome, antiga Vila de Cruzeiro, ficou sendo distrito de paz do município de Cruzeiro, tomando seu primitivo nome de Freguesia do Embaú, pela Lei nº 895, de 25 de novembro de 1903.

Cruzeiro ficou pertencendo à Comarca:

1ª Comarca (Taubaté) - 1846
Comarca de Guaratinguetá - 1852
Comarca de Pindamonhangaba - 1858
Comarca de Lorena - 1866
Comarca de Bocaina - 1892
Comarca de Cachoeira (Bocaina) - 1915
Comarca de Cruzeiro - 1934

A comarca de Cruzeiro consta atualmente do seguinte município:

Lavrinha

Alguns Advogados da Década de 50 :

  • Dr. Célio Junqueira Varajão
  • Dr. Sinésio Passos