Encerrado


Seminário

TAC's – termos de ajustamento de conduta: firmá-los ou combatê-los?

  • Data: 22/11
  • Horário: 9h às 17h45
  • Local: Av. Angélica, nº 2510 – cjs. nº 31 a 34 – Higienópolis - São Paulo/SP

Objetivo

Os termos de ajustamento de conduta – TAC's - têm sido usados de forma coercitiva pelo Poder Público, objetivando a correção de procedimentos em matérias trabalhistas, ambientais e cíveis, o que demanda intensa cautela por parte das empresas signatárias. O evento contará com conceituados expositores que farão análises destes mecanismos, o que conduzirá os participantes à avaliação sobre a opção de firmar ou rejeitar os TAC's. Serão discutidos aspectos relevantes do tema e as implicações legais na formulação de um TAC, assim como as responsabilidades das empresas e dos administradores na adesão ou não do termo.

Público alvo

Empresários, diretores, gestores dos departamentos jurídico e administrativo.

Programação

8h30 às 9h - Credenciamento

9h às 10h

Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)

Abertura e Introdução

  • Conceito;
  • Definição;
  • Histórico;
  • Natureza jurídica;
  • Eficácia;
  • Vigência;
  • Competência.

10h às 10h10 - Perguntas e Comentário

10h10 às 10h25 - Coffee Break

10h25 às 11h25

- Fábio Korenblum
Advogado, graduado pela Universidade Cândido Mendes (UCAM), pós-graduado em direito empresarial com concentração em processo civil pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/RJ), com curso de especialização em liderança, oratória e negociação estratégica pela Universidade BAR-ILAN / TEL AVIV – Israel, Membro da Ordem dos Advogados do Brasil. Ampla experiência nas áreas de direito civil, direito processual civil, advocacia contenciosa, direito do consumidor e contratos. Indicado pela Chambers Latin America como um dos melhores advogados brasileiros na área de Product Liability nos anos de 2010 e 2011. Eleito pela análise advocacia um dos advogados mais admirados do Brasil na área de consumidor no ano de 2011.

A Adesão/Recusa ao TAC e as Implicações à Imagem da Empresa.

O papel da assessoria de imprensa em caso de divulgação, na mídia, de informações sobre inquéritos civis públicos/ ações civis públicas.

Cases de sucesso / prejuízo;

Poderes do Ministério Público no tocante à divulgação de informações à imprensa.

11h25 às 11h35 - Perguntas e Comentários

11h35 às 12h35

TAC e as Relações de Consumo

Nas relações de consumo o TAC é previsto em situações que a empresa se vê diante de uma fiscalização, ou de uma ocorrência que poderá ter conseqüências para uma grande parcela da sociedade e que requer adequações ou até mesmo necessidade de prevenção de riscos. Estas situações podem variar desde as mais simples até as mais complexas.

As ocorrências mais frequentes são:

1. Recall;

2. Produtos com mensagem veiculada de forma errônea, ou necessidade de adequação de informação na fórmula de um produto;

3. Produtos com larga escala de consumo e alteração significativa na sua composição;

4. Casos de preservação da marca;

5. Serviços ou produtos defeituosos colocados em circulação, entre outros.

Aspectos práticos e processuais de um TAC.

Apresentação de cases.

12h35 às 12h45 - Perguntas e discussão

12h45 às 14h - Almoço

14h às 15h

TAC e o Direito do Trabalho

O ajustamento de conduta nas relações de trabalho apresenta cada vez mais chances de êxito do ponto de vista empresarial e social. As fiscalizações do trabalho atuam com inflexibilidade nesta área e a figura do TAC tem o intuito não só de adequar comportamentos, mas também de implementar estratégias de precaução de riscos e contenção das demandas judiciais.

Principais aspectos trabalhistas que demandam o ajustamento de conduta:

1. Terceirização da mão de obra (cooperativas pessoas jurídicas, empresas de terceirização, entre outros);

2. Jornada de trabalho;

3. Descumprimento das condições mínimas aceitáveis no ambiente de trabalho;

4. Descumprimento das normas de segurança e saúde ocupacional;

5. Inobservância das cotas para deficientes físicos;

6. Discriminação racial;

7. Assédio moral e sexual, entre outros.

Aspectos práticos e processuais de um TAC.

Apresentação de cases.

15h às 15h10 - Perguntas e discussão

15h10 às 16h10

TAC e o Meio Ambiente

O Mistério Público Federal atua intensamente na fiscalização e preservação do meio ambiente. Nestes casos, o compromisso de ajustamento de conduta poderá prevenir e conservar, ou ainda, reparar condutas lesivas ao meio ambiente que neste caso poderão ser compensatórias ou indenizatórias, sejam estas coletivas ou individuais.

Principais direitos tutelados:

1. Danos ao meio ambiente;

2. Inobservância das regras de sustentabilidade;

3. Licenciamento ambiental;

4. Manejo de produtos tóxicos controlados;

5. Desmatamento;

6. Preservação da flora e fauna.

Em casos de descumprimento do TAC:

  • Multa prevista no termo;
  • Procedimento criminal contra a empresa e seus administradores.

Aspectos práticos e processuais de um TAC.

Apresentação de cases.

16h10 às 16h20 - Perguntas e Comentários

16h20 às 16h35 - Coffee break

16h35 às 17h35

Luciana Maria Gil Ferreira
É advogada graduada pela universidade Presbiteriana Mackenzie em 2007, está cursando pós-graduação em direito e gestão ambiental no COGEAE/PUC-SP. Trabalhou no setor ambiental do escritório Demarest e Almeida Advogados por quase 5 anos e atualmente atua no setor ambiental do escritório Siqueira Castro Advogados de São Paulo desde dezembro de 2009. Possui experiência profissional nas áreas de direito ambiental, administrativo, contratual, urbanístico e consultoria estratégica, especialmente em questões relativas ao setor elétrico e meio ambiente.

Implicações Legais do TAC e as Responsabilidades das Empresas e dos Administradores

  • O não cumprimento e suas consequências;
  • O TAC no âmbito do Judiciário e seus aspectos processuais;
  • Obrigações de fazer/ obrigações de não fazer/ indenizações;
  • Aplicação de sanções civis e penais, além da multa e penalidades previstas no termo de ajustamento de conduta;
  • Como se dá o processamento da ação civil pública.

Apresentação de cases.

17h35 às 17h45 - Encerramento.

Coordenação acadêmica

- Mauro Scheer Luís
Bacharel em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com formação em PNL - Programação Neurolinguística - pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística (SBPNL), tendo participado de cursos e treinamentos de formação executiva na Alemanha e na Inglaterra. Cursou módulo de especialização em direito tributário no IBET - Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, instituto complementar à USP. Cursou módulos de MBA em excelência gerencial pela FAAP. Cursando pós-graduação em direito societário pela Fundação Getúlio Vargas/SP, e MBA em empreendedorismo e inovação pela B.I. International / Berkeley University of California. (Estados Unidos), Babson Executive Education (Estados Unidos) e Shanghai Jiao Tong University (China). Membro da Ordem dos Advogados do Brasil (Secção São Paulo), da AASP - Associação dos Advogados de São Paulo e da APET - Associação Paulista de Estudos Tributários, autor de diversos artigos. Foi membro da comissão de cooperativismo da OAB-SP. Participa de reuniões de comitês técnicos na Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham) e Câmara Brasil-Alemanha (AHK). É advogado sócio-fundador de Scheer & Advogados Associados e coordenador acadêmico de instituição de ensino executivo.

* Inclusos : material de apoio (certificado, crachá e apostila), almoço e dois coffee breaks.

* A confirmação da realização do curso está sujeita a quórum mínimo; no caso de cancelamento, todo e qualquer valor pago a título de inscrição será devolvido, porém não nos responsabilizamos por gastos com passagens aéreas, traslados, hospedagem ou qualquer outra despesa.

Realização

  • Central Prática Educação Corporativa

__________

Ganhadores :

  • Catarina Fugulin Perez Alves
  • Edu Eder de Carvalho

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

(11) 3257-4979

e-mail

contato@centralpratica.com.br

ou

Clique aqui

Publicado terça-feira, 23 de outubro de 2012