A Editora Noeses lança, no próximo dia 10, a 2ª edição da obra "Uma Teoria Retórica da Norma Jurídica e do Direito Subjetivo", de João Maurício Adeodato. O evento será em SP, na sede do IBET (rua Bahia, 1.282), às 19h.

O autor constrói uma teoria retórica da norma jurídica e do direito subjetivo, defendendo três teses de base: a) contra um pensamento muito difundido nos meios intelectuais e mesmo entre o vulgo, retórica não é "apenas" ornamento, embora os ornamentos retóricos sejam muito importantes; b) contra os ontólogos, que se veem como os únicos filósofos e não consideram filosófica a postura retórica, o livro defende que retórica é um tipo de filosofia, que prescinde da verdade, pois filosofia não é a busca da verdade, mas da sabedoria, ou seja, não é um livro de retórica filosófica, mas de filosofia retórica; c) contra a própria tradição retórica, coloca-se a tese de que retórica não consiste apenas em persuasão, mas inclui também engodo, ameaça de violência e quaisquer estratégias que não se reduzam a coação irresistível (pois aí tem-se ausência de retórica, não é preciso falar). Trata-se de uma explicação sobre como a retórica é efetivamente usada e não como se gostaria que ela o fosse.

Sobre o autor :

João Maurício Adeodato é professor titular da Faculdade de Direito do Recife. Livre docente, doutor e mestre em Filosofia do Direito pela Faculdade de Direito da USP. Pós-doutorado nas Universidades de Mainz e Heidelberg pela Fundação Alexander von Humboldt. Pesquisador 1 A do CNPq.

__________

__________

EDITORA NOESES LTDA

Publicado quarta-feira, 3 de dezembro de 2014