Encerrado

Objetivo

Oferecer aos participantes uma visão atualizada das normas internacionais de contabilidade – IFRS – relativamente aos critérios de reconhecimento e mensuração, com aplicações à realidade de pequenas e médias empresas, inclusive. O entendimento de tais normas será imprescindível para a aplicação dos novos regimes tributários trazidos pela Lei 12.973/14 e IN RFB 1.515/14.

Público-alvo

Profissionais ligados às áreas jurídica, tributária/fiscal, contábil, TI e financeira das empresas de todos os segmentos empresariais, advogados, contadores e demais interessados.

Programa

1. Aspectos Introdutórios

2. Princípios Contábeis Brasileiros BRGAAP.

3. Lei 11.638/07 e Lei 11.941/09.

4. CPC PME / ITG 1000

5. Critérios de Reconhecimento e Mensuração dos principais pronunciamentos contábeis:

  • CPC 01: Redução ao Valor Recuperável de Ativos
  • CPC 04: Ativo Intangível
  • CPC 06: Operações de Arrendamento Mercantil
  • CPC 07: Subvenção e Assistência Governamentais
  • CPC 12: Ajuste a Valor Presente
  • CPC 16: Estoques
  • CPC 17: Contratos de Construção
  • CPC 27: Ativo Imobilizado
  • CPC 28: Propriedade para Investimento
  • CPC 30: Receitas
  • CPC 31: Ativo Não Circulante Mantido para Venda e Operação Descontinuada

Palestrantes

- Tiago Nascimento Borges
Doutor em Controladoria e Contabilidade pela USP. Mestre em Controladoria e Contabilidade Estratégica pela FECAP. É consultor e leciona em diversas universidades e instituições de ensino. Palestrante pela FocoFiscal Cursos e Capacitação.

*Inclusos: Acesso ao ambiente online do curso por 45 dias; Material didático, que será enviado pelo correio; Certificado de conclusão de curso; Direito ao envio de 1 questão, durante o período do curso, que será respondida pelo próprio instrutor.

Duração

4 horas e 30 minutos

Investimento

R$ 390,00 (Valor promocional)

Realização

  • FocoFiscal - Cursos e Capacitação

___________

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

(11) 3214-0050

e-mail

cursos@focofiscal.com.br

ou

Clique aqui

Publicado sexta-feira, 30 de outubro de 2015