Encerrado


Curso


Sarbanes-Oxley - Implementação da Lei que Revolucionou os Conceitos de Governança Corporativa

  • Data: 30/11 e 1/12
  • Horário: 8h30 às 17h45
  • Local: Canal Executivo - Rua Adolfo Tabacow, 144 – Itaim Bibi. - São Paulo – SP

Objetivos

  • Demonstrar as fases de um projeto de implementação das principais exigências da Lei (seção 404).
  • Orientar profissionais envolvidos em projetos de certificação. Introduzir conceitos básicos do framework de controles internos C.O.S.O.
  • (The Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission).
  • Elaborar matrizes de risco e controles para processos de negócio.

Introdução

  • Escândalos recentes envolvendo companhias norte-americanas (ex.: WorldCom, Enron, Adelphi, Tyco, etc.) resultaram em uma perda significativa na confiança da divulgação das demonstrações contábeis.
  • Em resposta aos escândalos contábeis, o Congresso norte-americano aprovou em julho de 2002 a Lei de Sarbanes-Oxley.
  • Essa Lei representa a maior mudança em governança corporativa desde 1934 (securities laws – SEC).

A proposta do Sarbanes-Oxley Act é proteger os investidores através de:

  • Divulgação das demonstrações contábeis mais precisas, oportunas, compreensíveis e inteligíveis;
  • Criação de um novo órgão regulamentador – Public Company Accounting Oversight
  • Board (PCAOB);
  • Melhorias nos controles internos da organização.

As seções mais significativas da Lei são:

  • Seção 103 (padrões e regras de qualidade da auditoria)
  • Seção 404 (avaliação dos controles internos da companhia)

Inovações da Lei

  • Auditoria dos controles internos sobre a elaboração das demonstrações contábeis realizada em conjunto com a auditoria contábil (Integrated Audit);
  • O auditor irá emitir duas opiniões:
    • § Uma sobre o Controle Interno;
    • § Outra sobre as Demonstrações Contábeis.
  • O auditor independente irá verificar a avaliação da administração sobre os controles internos da organização

Programação


Parte A – “Scoping”

  • Identificação de contas significativas
  • Identificação das localidades
  • Identificação dos processos de negócio
  • Uso de serviços profissionais de terceiros

Parte B – “Understanding and Evaluating”

  • Avaliação da eficácia do desenho e da operação dos controles internos sob a
  • ótica do framework COSO
  • “Softer COSO”
  • Matrizes de controle
  • Controles gerais de tecnologia da informação

Parte C – “Validating”

  • Testes e avaliação da eficácia dos controles
  • Natureza, escopo e extensão dos testes dos controles

Parte D – Áreas de atenção

  • Comitê de Auditoria
  • Programa anti-fraude
  • Lançamentos manuais
  • Elaboração de demonstrações contábeis em US-GAAP
  • Critérios de documentação

Parte E – “Completion and Reporting”

  • Sumário de conforto
  • Avaliação das deficiências
  • Opinião dos auditores externos

Parte F – Benchmarking

  • Análise das certificações divulgadas
  • Análise de “cases”

Palestrante:


-Ricardo Santana Diniz


Formação Acadêmica:
Bacharel em Ciências Contábeis; Estudou Ciência da Computação; Pós-Graduação em Auditoria


Segmentos: Siderurgia, Telecomunicação, Autopeça, Educação, Mineração, Logística, Indústria de Processo (Eletrodos).


Clientes: Arcelor , Acesita, Açominas, Cosipa, MBR, AngloGold Ashanti, ESAB, Telemig Celular, Amazônia Celular, Ale Combustíveis, BMG, BDMG, Bonsucesso


Principais Qualificações: Possui mais de 10 anos de experiência em auditoria e consultoria de gerenciamento de riscos. É especialista em auditoria de sistemas e controles de processos de negócio: entendimento de objetivos de negócio, riscos associados e formas de controle e mitigação de riscos, entendimento e avaliação de sistemas e ambiente de tecnologia da informação. Executou diversos projetos de avaliação, desenho e implementação das exigências da Lei Sarbanes-Oxley. Professor Universitário no tema Gestão de Risco, Contabilidade, Auditoria Contábil e Auditoria de Sistemas em grandes universidades do País. Membro da Information Systems Audit and Control Association – ISACA. Membro do Comitê de Tecnologia da Informação da AMCHAM.


Carga Horária:
16 horas


Realização

  • Canal Executivo Organização de Eventos LTDA

______________

Para concorrer à vaga:


Clique aqui.


INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES


TELEFONE

(11) 3079-9521 / 3079-8807 / 3079-9891

ou

Clique aqui

Publicado terça-feira, 26 de setembro de 2006