Encerrado


Seminário

Recuperação de Empresas: Enfoque Prático

Utilização Adequada da Lei de Falências

  • Data: 26/4
  • Horário: 9h às 18h
  • Local: São Paulo

Objetivo:

Como estruturar, na prática, a recuperação das empresas e quais as regras aplicáveis ao empresário em crise econômico-financeira, com a Lei 11.101/05. Preparação para a atuação em processos judiciais: a liquidação dos ativos do devedor e saldar os passivos. Apresenta os interesses entre credores e devedores, avalia os riscos da reestruturação. Serão debatidas as mudanças do judiciário, credores financeiros, administrador e gestor judicial e empresa, seus administradores, acionistas e investidores institucionais, visando auxiliar na recuperação do negócio.

Público alvo:

Diretores e Gerentes Financeiros ou Executivos em Bancos, Investidores, Auditores, Acionistas, Jurídico, Recuperação de crédito, Administrador , Investimentos, Empresas de Financiamento, Captação de Fundos e Advogados de Instituições Financeiras e Empresas.

Programação

8h30 Recepção aos participantes

9h Abertura do evento pelo presidente de mesa

-Roberto B. Parentoni
Advogado Idecrim; Professor, Pós-Graduado em Direito e Processo Penal pela Mackenzie e Presidente do IDECRIM - Instituto de Direito e Ensino Criminal

9h Vantagens de Reorganizar a Empresa em Dificuldades com o Plano de Recuperação

  • Visão geral da Nova Lei das Falências
  • Alteração da Concordata para a Recuperação de Empresas
  • Identifique se a empresa necessita ou não de recuperação extrajudicial ou judicial visando os aspectos econômico e financeiro

-Otto Steiner Junior
Advogado Steiner Advogados; Responsável pela área de consultoria e relacionamento com clientes.Advogado e Formação pela Universidade Federal de Santa Catarina , Pós Graduado em Administração Financeira pela FEA/USP.

10h Recuperação Judicial e Extrajudicial e Plano de Recuperação

Plano de Recuperação de Empresas e empresas inadimplentes em processos de Concordata

  • A Sucessão Civil/Comercial, Tributária e Trabalhista (Empresarial) da empresa em Recuperação Judicial e possibilidade de negócio
  • Incorporação e Aquisição da empresa e/ou negócio em Recuperação Judicial

-Luiz Rogério Sawaya Batista
Sócio Escritório Nunes e Sawaya Advogados; Atua no Comercial, Societário, Contratual, Tributário e Contencioso. Formação em Direito na Universidade Presbiteriana Mackenzie, Especializado em Tributário na PUC e Societário em M&A pelo IBMEC. Membro do IBRADEMP, IBEF e do IBGC.

11h Coffee Break

11h10 Responsabilidade Civil da Nova Lei de Falências pelos Administradores

  • Diferenças da responsabilidade dos Sócios e Administradores de Sociedades Anônimas e Limitadas
  • Responsabilidade dos Sócios, Administrador Judicial
  • Responsabilidade dos Gestor Judicial e Comitê de Credores

-Carlos Alberto de Mello Iglesias
Advogado Cepeda, Iglesias, Avino e Bandeira de Mello Advogados; Atua em negociações e demandas judiciais.Graduado pela Faculdade de Direito e Mestre em Direito Civil na PUC/SP. Professor no curso de graduação e pós-graduação em Direito Civil da PUC/SP

12h10 Almoço

13h Quais os Instrumentos de Garantia usados pelo Credor

  • As garantias reais na nova Lei de Recuperação e Falências.
  • Diferenças entre as garantias para o pagamento de dívidas e financiamentos
  • Alienação e cessão fiduciária de recebíveis e bens móveis

-António Manuel França Aires
Sócio Demarest & Almeida Advogados; Responsável pela área Bancária, Reestruturação, Societário e Mercado de Capitais. Formação em Direito da USP e Curso Especial de Administração no Mackenzie.

14h Perspectivas e Beneficios dos Bancos na Recuperação Judicial

  • Como são tratados os créditos nos processos de recuperação judicial
  • Beneficios e prejuízos dos investidores numa empresa em dificuldades
  • Posicionamento das Instituições Financeiras como financiadores das empresas

-Cristiana Ferraz
Head of Financial Restructuring & Recovery Latin America; Banco ABN AMRO Real; Responsável pela área de Renegociação e Recuperação de Créditos Corporativos da América Latina, participação nos Processos de Recuperação Judicial da Parmalat, Novadata, Petroluz, Stampafare, Vasp entre outras. Formação em Engenharia Eletrônica e Pós-Graduação em Administração pela FGV.

15h Coffee Break

15h10 Renegociação de Dívidas e Mediação entre Credores e Devedores

  • É possível uma empresa falida pedir recuperação?
  • A continuidade das atividades da empresa falida
  • O papel do administrador judicial

-Luis Claudio Montoro Mendes
Diretor Valor Capital; Administrador Judicial da 1ª Vara de Falência e Recuperações de SP. Coordenador de Direito do Ibmec/SP. Bacharel em Direito pela UNIFMU/SP, professor do Ibmec e IASP.

16h10 Negociações que envolvem a nova Lei de Falências e de Recuperação de Empresas

  • Credores e Governo
  • Investidores
  • Votação da assembléia de credores

-Donald Mac Nicol
Sócio titular Mac Nicol, Rocha & Zanella Negociações; Especialista em Negociações. Co-autor de Comentários à Nova Lei de Falências e Recuperação de Empresas do Rubens Approbato Machado. Administrador de empresas, Graduação e Pós Graduação na FGV/SP.

17h10 Como podem ser Tratados os Créditos no Processo de Recuperação

  • Planos de recuperação e o papel dos credores
  • Garantias sujeitas à recuperação judicial pelo credor
  • Casos práticos

-Ernesto Carvalho
Superintendente Juridico Banco Itaú; Atuante em Instituições Financeiras, Advogado e mestre em Direito Processual Civil pela PUC de São Paulo

18h10 Encerramento do evento

*Incluso: Material didático, Coffee break, Almoço e Certificado

**Obs.:Desconto de 10% para pagamentos efetuados até 13/4.

Realização

  • MDE Training

______________

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

0800 703 51 61 /(11) 3033.6888

e-mail

telemarketing@mdetraining.com.br

ou

Clique aqui

Publicado terça-feira, 20 de março de 2007