Encerrado


Curso

Fiscalização do trabalho, processos administrativos e conseqüências judiciais

  • Data: 28/8/09 (sexta-feira)
  • Horário: 9h às 16h20
  • Local: Auditório da Central Prática, rua Frei Caneca, 159, Cerqueira César, São Paulo/SP (para visualizar o mapa da região, clique aqui)

Objetivo

Tem sido crescente o número de fiscalizações e autuações na área trabalhista perpetradas contra empresas. Muitas vezes tais autuações são levadas a efeito mesmo tomadas por irregularidades e ilegalidades. Neste evento, especialistas no assunto discutirão temas como o poder dos fiscais, motivos mais comuns de fiscalização, procedimentos judiciais para sanar e anular ilegalidades, entre outros temas.

Público alvo

Advogados, gestores de departamento pessoal e de empresas, peritos do trabalho e demais profissionais atuantes na área trabalhista.

Programação

8h40 – 9h - Credenciamento

9h – 10h10 - Procedimentos de fiscalização

  • Poderes de fiscalização e poderes do fiscal: o que pode e o que não pode ser exigido e feito;
  • Prazos para apresentação de documentação;
  • Limites dos poderes do fiscal ao considerar suposta existência de fraude na relação de trabalho;
  • O veto da emenda 3 e os PJ's;
  • Crimes passíveis de serem cometidos pelo fiscal e pelos gestores das empresas.

-Cristina Buchignani
Advogada trilíngüe, graduada em 1987 pelas Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU, pós-graduada em direito empresarial pela Universidade Mackenzie em 1991, tendo concluído MBA em direito empresarial pela Fundação Getúlio Vargas - FGV em 2002. Atualmente, mestranda em direito do trabalho na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Vasta experiência no âmbito consultivo e contencioso trabalhista, individual e especialmente em direito coletivo do trabalho. É sócia do escritório Emerenciano, Baggio e Associados – Advogados, coordenadora da área trabalhista sindical.

10h10 – 10h20 - Perguntas e discussão

10h20 – 10h40 - Coffee Break

10h40 – 11h50 - Processos administrativos

  • Princípios gerais aplicáveis aos procedimentos administrativos;
  • Prazos;
  • Prescrição;
  • Autos de infração: formalidades e nulidades;
  • Processamento dos processos administrativos;
  • Recursos.

-Fernando José Hirsch
Possui graduação em direito pela PUC Campinas (1998). Especialista em direito processual civil pela PUC Campinas (1999). Especialista em direito e processo do trabalho pela PUC Campinas (2000). Especialista em auditoria fiscal e tributária (MBA) pelo CEFET-RJ. Mestre em direito do trabalho pela UNIMEP (2009). Atualmente é advogado do escritório Crivelli Advogados Associados. Tem experiência na área jurídica, com ênfase em direito do trabalho.

11h50 – 12h - Perguntas e discussão

12h10 – 13h20 - Almoço

13h20 – 14h30 - Principais temas e discussões nos procedimentos de fiscalização

  • Fraude na relação de trabalho: cooperativas, empresas de terceirização e os PJ's;
  • Instalações físicas;
  • Questões ergonômicas;
  • Outras questões de saúde do trabalho;
  • Horário de trabalho e controle de ponto;
  • Portadores de deficiência física;
  • Lei do Aprendiz;
  • PPR/PLR - Programa de participação nos resultados.

-Maria Lucia Ciampa Benhame Puglisi
Advogada formada em 1987 na faculdade de direto da USP, com pós-graduação lato sensu em direito do trabalho, pela mesma faculdade. Atua na área de assessoria jurídica empresarial como advogada desde 1988, é sócia do escritório Benhame Sociedade de Advogados atuando em assessoria empresarial nas áreas de direito do trabalho, recursos humanos e contratual, sendo sócia responsável pela área de direto do trabalho, contratual e recursos humanos. Assessora empresas de vários portes com maior incidência na área industrial. Membro da câmara americana de São Paulo, é vice-coordenadora do comitê estratégico de trabalho. Coordenadora do comitê de legislação da ONG amigos do emprego. Membro da comissão de estudos em direito e processo do trabalho da OAB/SP e da comissão de direito civil da OAB/SP.

14h30 – 14h40 - Perguntas e discussão

14h40 – 15h - Coffe Break

15h – 16h10 - Processos judiciais em decorrência de fiscalizações e processos administrativos

  • Anulação judicial de atos administrativos e de autos de infração;
  • O uso do mandado de segurança;
  • Anulação de multas aplicadas pela fiscalização

-Cristina Paranhos Olmos
Mestre em direito do trabalho pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC - SP. Professora de direito material e processual do trabalho, no curso de pós-graduação lato sensu do COGEAE, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC - SP, entre outros cursos de nível superior. Pós-graduada em direito do trabalho e processual do trabalho pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC - SP. Graduada em direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC - SP. É sócia do escritório Olmos e Olmos Sociedades de Advogados.

16h10 – 16h20 - Perguntas e discussão

Coordenação acadêmica

-Mauro Scheer Luís
Bacharel em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com formação em PNL - Programação Neurolingüística - pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolingüística (SBPNL), tendo participado de cursos e treinamentos de formação gerencial na Alemanha e na Inglaterra. Cursou módulo de especialização em direito tributário no IBET - Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, instituto complementar à USP. Cursou módulos de MBA em excelência gerencial pela FAAP. Foi advogado associado de M. Luís Advogados e sócio de Scheer e Tamarossi Advogados Associados. Membro da Ordem dos Advogados do Brasil (Secção São Paulo), da AASP - Associação dos Advogados de São Paulo e da APET - Associação Paulista de Estudos Tributários, autor de diversos artigos. Membro da comissão de cooperativismo da OAB/SP. Participa de reuniões do comitê de legislação da Amcham e da Câmara Brasil-Alemanha (AHK). É presidente da Central Prática e sócio de Scheer e Baraúna Advogados.

Observações

*Estão inclusos no valor do investimento: material de apoio, certificado de participação, estacionamento, um almoço e dois coffee breaks.

*A confirmação da realização do curso está sujeita a quorum mínimo; no caso de cancelamento, todo e qualquer valor pago a título de inscrição será devolvido, porém não nos responsabilizamos por gastos com passagens aéreas, traslados, hospedagem ou qualquer outra despesa.

Realização

  • Central Prática Educação Corporativa

____________

Ganhadoras:

  • Raquel Guilhoto e Marcela Mary dos Santos

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE

(11) 3120-6806

e-mail

contato@centralpratica.com.br

ou

Clique aqui


Publicado sexta-feira, 14 de agosto de 2009