sexta-feira, 30 de outubro de 2020

INFORMATIVO

Publicidade

Migalhas nº 527

Quinta-feira, 26 de setembro de 2002 - nº 527 - Fechamento às 7h26.

 

"Conquanto não seja decente sair sem um arranhão de qualquer desastre, a alegria de quem escapa é proporcional ao número dos que morreram. Essa alegria passa depois a sentimento de orgulho - pela natural tendência do indivíduo a se atribuir poderes mágicos"

"Um erro de cálculo pode explicar o desabamento de um edifício. Mas por que não pensar também na rebelião das paredes contra o que se passa entre elas?"

Anibal Machado (1894-1964)

Prédio desaba

Um prédio de cinco andares desabou na esquina das ruas do Rosário e 1.º de Março, no centro do Rio, às 15h15 de ontem, e deixou pelo menos três pessoas feridas. No local funcionavam uma lanchonete, parcialmente em obras, uma loja de carimbos e cópias de chaves, e o Hotel Linda do Rosário. Houve uma seqüência de estalos em um dos pilares do edifício, minutos antes do acidente. Isso deu tempo para que muitas pessoas deixassem o local. Segundo informações, duas pessoas estariam sob os escombros. O prédio que ruiu faz parte de um corredor cultural, localizado a poucos metros do Centro Cultural Banco do Brasil e da Casa França-Brasil.

Saindo da puberdade

No início da campanha presidencial, há cerca de quatro meses, a candidatura Garotinho era vista como insustentável, sem recursos e com pouca estrutura partidária. Isolado no quarto lugar das pesquisas, ele não passava de um candidato folclórico à beira da renúncia. Mas os últimos levantamentos sobre a intenção de voto mostram que a campanha de Garotinho vem, literalmente, abalando as estruturas.

Entrevistas no JN

Nelson de Sá , na Folha de S. Paulo, comenta a entrevista de Garotinho ontem no JN. "Ciro passou com facilidade, Serra também. Mas o crescente Garotinho, que ameaça chegar ao segundo turno, não escapou da carga de Fátima Bernardes e William Bonner. A apresentadora do Jornal Nacional chegou a apontar uma "falta de ética" na promessa de casa própria a R$ 1 feita pelo candidato. Mas a entrevista poderia ter sido bem pior para Garotinho. Foi ajudado pelos internautas, cujas perguntas estiveram mais para apelos de aumento para o funcionalismo etc. E não se tocou, em momento nenhum, na fita que ele afirmou que liberaria para o próprio JN - e jamais foi ao ar."

Lula lá, na OAB

Os representantes da OAB chamaram ontem o candidato do PT, Lula, de "presidente" e "excelência" no lançamento de seu plano de combate à corrupção, na seção paulista da entidade. O presidente nacional da OAB, Rubens Approbato Machado, foi um dos que se entusiasmaram com a presença de Lula.

  • - "Estamos convencidos de que uma pessoa como o senhor, que vem de baixo, com carisma, saberá conduzir as reformas necessárias" Rubens Approbato Machado, referindo-se ao petista como "presidente Lula"

"Mirem-se no exemplo daquelas mulheres..."

Lula vai sacar uma arma poderosa para conquistar o eleitorado feminino: os olhos verdes de Chico Buarque. Chico deve estrear hoje no programa do PT.

Maranhão

O TSE cassou ontem a candidatura de Ricardo Murad ao governo do MA, por ser irmão de Jorge Murad, marido da ex-governadora Roseana Sarney. A decisão do TSE pode mudar consideravelmente o quadro político estadual.

Exame da OAB/SP

O baixo índice de aprovação no exame da OAB/SP repercute pelo País. O JB dedica um editorial ao assunto afirmando que se "acende de novo o sinal vermelho para a questão educacional no país." (Clique aqui)

Migalhas dos leitores

"Acabo de ler O Poder do Povo, de autoria do mestre Goffredo Telles Junior - meu amigo desde os tempos acadêmicos e autor citado por mim no meu livro de estréia 'O Advogado Rui Barbosa' (1949 - Gráfica Olímpica Editora, Rio de Janeiro, hoje em 4ª edição: Nova Alvorada - Belo Horizonte, 1998). Aceito, até emocionado, a sua tese Democracia Participativa, perfeitamente viável no momento atual, graças à Comissão de Participação Legislativa que vem de ser criada na Câmara dos Deputados, por iniciativa de seu Presidente, Aécio Neves.

"Goffredo não sonhou em vão. Como ele próprio diz, é o sonho que mostra o caminho - no caso, o caminho para instituir no Brasil a democracia autêntica. Esse trabalho de Goffredo Telles Junior, pelo seu caráter científico, embora sumamente didático, merece chegar ao conhecimento do maior número possível de leitores, e com urgência. Ele contém uma lição profunda, e no entanto clara, claríssima, sobre o grande tema da atualidade: a autêntica representação popular. Felizmente, a Internet e Migalhas cumprirão essa missão divulgadora. Obrigado pelo presente régio!" Rubem Nogueira, Salvador, 25/9/02.

Oportunidade

Caso você não tenha lido o comentado artigo O Poder do Povo, do Professor Goffredo da Silva Telles, clique aqui e veja as promissoras idéias do mestre das Arcadas.

Lei de incentivo à cultura

O advogado Fábio de Sá Cesnik (do escritório Azevedo, Cesnik, Quintino & Salinas Advogados), autor do consagrado Projetos Culturais, põe em debate o uso pelo Estado da lei de incentivo à cultura. Segundo ele, "é absurda a posição do Estado como incentivante e incentivado ao mesmo tempo." (Clique aqui)

Previdência

O Conselho de Gestão da Previdência Complementar do ministério da Previdência aprovou ontem o benefício proporcional diferido, direito que vai permitir ao trabalhador demitido deixar os recursos no fundo de pensão e receber o valor proporcional ao se aposentar.

Responsabilidade tributária

A Receita Federal divulgou ontem um parecer normativo explicando que a responsabilidade, nos casos de impostos que deveriam ter sido retidos antecipadamente na fonte e não foram devido a uma decisão judicial, é do contribuinte, caso ele perca na Justiça em última instância. Esse parecer pode ser mais um obstáculo à Previ na batalha com a União para não desembolsar os cerca de R$ 500 milhões em IR relativos aos rendimentos do fundo que deveriam ter sido pagos à Receita.

Alterada a data

O pedido de redução dos juros da multa de ICMS no Estado de SP, que venceu no dia 20/9, foi prorrogado até hoje. A medida, datada da última sexta, só foi publicada ontem no DOE. A medida também adia o pagamento do ICMS com isenção total dos juros da multa do dia 30/9 para o dia 31/10.

  • "Pode ser que o Estado prorrogue mais uma vez este prazo ou que o contribuinte consiga pedir o cálculo de seu débito de ICMS e de ICM fora do prazo, mas é melhor não arriscar e tentar entregar esses requerimentos em dia" Alessandra Cher - escritório Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados

Promessa

O presidente do Senado, Ramez Tebet, informou que, após as eleições, irá empenhar-se em favor da aprovação de projeto de sua autoria segundo o qual a alíquota do ICMS deverá ser reduzida a zero quando se tratar de mercadorias constantes de cesta básica.

'Carrinhos de mão'

Impagável e imperdível é Luís Fernando Veríssimo hoje no Estadão e O Globo. "Para dar uma idéia do absurdo a que chegara a inflação na Alemanha na época da República de Weimar, antes do Hitler, usava-se muito a imagem de gente levando marcos desvalorizados em carrinhos de mão para comprar pão.

"(...) A atual disparada do dólar tem vários motivos, entre os razoáveis e os metafísicos, mas está sendo manejada pelos tesoureiros dos grandes bancos, que até ontem tinham uma causa pouco nobre mas compreensível para isto, o lucro a mais que teriam com a cotação alta no resgate de títulos do governo, e a partir de ontem têm que interesse em segurar seus dólares e manter a alta? Talvez se deva examinar mais de perto a responsabilidade da indústria de carrinhos de mão na desvalorização do nosso marco." (Clique aqui)

Migalhas do Macaco Simão

"E o real agora virou Real Diet: abaixo do Peso! Eu quero ser como o Real: fechar abaixo do Peso. Moeda sarada. Como aquela madame que estava passeando na rua Oscar Freire quando o mendigo pediu: 'Me dê um dinheiro, tô sem comer desde ontem'. 'Que inveja! Como você conseguiu?'

"E o Armínio disse que a crise do Dólar é 'excesso de ansiedade'. E aí o meu amigo disse que na última crise de ansiedade ele pagou 14% de juros no cartão e 11% no cheque especial."

Dólar : motivo para a alta

Comenta-se no mercado que o maior proprietário de título públicos vencidos ontem era o banco Votorantim. Se verdadeira a informação, que Migalhas não assegura, estaria desvendada a atual opção política de seus controladores.

Curiosidades de Millôr

Millôr Fernandes em sua coluna no Jornal do Brasil anuncia que "O Ibope fez uma pesquisa sobre este nosso quadrado e constatou que tem 50% de coisas sábias, e 50% de coisas idiotas. Há uma margem de 50% de erro para baixo ou para cima." Millôr pergunta ainda "Por que o ministro Jobim tem medo da boca de urna, se a urna já não tem boca ?"

Lei eleitoral - I

Projeto de lei número 3735/00, impede que autor de crime hediondo seja beneficiado pela legislação eleitoral e, assim, possa ser preso durante o período que antecede as eleições.

Lei eleitoral - II

Augusto Nunes, redator-chefe do JB, em artigo fala sobre a lei eleitoral. Para ele, "Até 48 horas depois da eleição, o buquê de candidatos suspeitos de práticas que merecem cadeia, do qual Barbalho é apenas a flor mais vistosa, poderá embelezar sem sobressaltos os palanques do país. Assim ordena o Código Eleitoral. A norma foi concebida para liqüidar um feio costume nativo: às vésperas das eleições, chefetes regionais invocavam pretextos de todos os tipos para prender adversários e permanecer no poder. (...) tratemos de aperfeiçoar a lei para as próximas eleições: cadeia, quando justa, é bem-vinda a qualquer hora." (Clique aqui)

Senador vitalício

A Proposta de Emenda constitucional que dá aos ex-presidentes da República o cargo senador vitalício teve ontem parecer favorável do relator. Segundo a proposta, os ex-presidentes não tirariam o lugar de senadores eleitos pelo povo. Além disso, a medida não é retroativa: só vai valer para os presidentes que deixarem o cargo depois que entrar em vigor. Ainda de acordo com a proposta, o senador vitalício teria as mesmas garantias inerentes ao cargo de senador, assim como é hoje, incluindo aí o foro especial. O que você acha disso ? Clique aqui e envie sua migalha.

CPP português

Os portugueses estão revoltados com algumas mudanças no CPP deles. Segundo eles, alterações ao segredo de Justiça podem decapitar a investigação. Veja no Migalhas Clipping a manchete de hoje do matutino lusitano. E, clique aqui para ver a reportagem completa.

Eutanásia

Entrou em vigor na segunda-feira, na Bélgica, a lei que autoriza a prática da eutanásia. No entanto, os interessados terão ainda de esperar mais alguns dias, até que sejam detalhados os procedimentos a serem seguidos pelos médicos. O Estado vai baixar a regulamentação através de decreto.

Banco$

O International Finance Corporation, braço de financiamento privado do banco Mundial, irá destinar US$ 600 milhões em linhas de crédito à exportação para os bancos Itaú e Unibanco, num momento em que o país está tendo dificuldade de captar recursos no mercado externo.

Gol contra

O Departamento de Proteção e Defesa e do Consumidor multou ontem a empresa Gol Transportes Aéreos no valor de R$ 97.626,60. O processo administrativo foi instaurado porque a empresa aérea estava usando o serviço de telefonia de prefixo 0300, ao invés do 0800, para a venda e reserva de passagens aéreas. O DPDC considerou que a empresa não cumpriu o dever de informar ao cliente que estava sendo cobrado pelo serviço uma tarifa de R$ 0,27 por minuto.

Direito e Medicina

O Ibmec Business School criou o curso Direito da Medicina. O objetivo do programa é identificar os riscos jurídicos na área de saúde, dando aos participantes uma visão sobre a regulamentação legal da medicina no Brasil e no exterior. O curso será no período de 2/10 a 20/11, no RJ. Mais informações: 21 - 3284-4000.

Pauca, sed bona

Visite a coluna Porandubas e fique antenado nos acontecimentos do meio jurídico do País. (Clique aqui)

Espalhe Miglhas ! Indique amigos !

___________________________***__________________________

Migalhas Clipping

The New York Times - EUA

"Daschle Defends Democrats' Stand on Security"

Le Monde - Paris

"L'échec de Jospin vu par sa femme"

Corriere Della Sera - Itália

"Non vogliamo guerre, ma siamo con Bush"

El País - Espanha

"El Gobierno mantiene un crecimiento del 3% pese a la rebaja del FMI"

Público - Portugal

"Magistrados revoltam-se contra alterações ao segredo de Justiça"

Clarín - Argentina

"Por un escándalo se va un arzobispo"

O Estado de S. Paulo - São Paulo

"Reduzir dívida pública deve ser a prioridade do Brasil, diz FMI"

Jornal do Brasil - Rio de Janeiro

"Prédio desaba e tumultua o Rio"

Folha de S. Paulo - São Paulo

"FMI receita ajuste 'doloroso' ao Brasil"

O Globo - Rio de Janeiro

"Prédio que desabou estava em lista de risco"

Correio Braziliense - Brasília

"GDF retira pacientes do hospital de Base"

Zero Hora - Porto Alegre

"FMI prevê que Brasil crescerá 3% em 2003"

O Popular - Goiânia

"Estoura meta com FMI"

O Povo - Fortaleza

"Flagrante - R$ 30 mil para do IPPS"

Jornal do Commercio - Recife

"Rio busca vítimas nos escombros do edifício"

__________ ****_______________

Apoiadores :

  • Preto Villa Real Advogados
  • Rayes, Fagundes & Oliveira Ramos Advogados Associados
  • Reale Advogados Associados
  • Saeki Advogados
  • Silva Telles Advogados - Prof. Goffredo da Silva Telles Junior e Dra. Maria Eugenia Raposo da Silva Telles
  • Tess Advogados
  • Amaro, Stuber e Advogados Associados
  • Armelin, Daibes, Aldred, Fagoni e Cunha Advogados
  • Azevedo, Cesnik, Quintino & Salinas Advogados
  • Boccuzzi Advogados Associados
  • Demarest e Almeida Advogados
  • Felsberg e Associados
  • Homero Costa Advogados
  • Lobo & Ibeas Advogados
  • Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques, Advocacia
  • Pereira Martins Advogados Associados
  • Pinheiro Neto Advogados
________________________***______________________

Atualizado em: 1/1/1900 00:00

INFORMATIVO

Cadastre-se e receba gratuitamente o informativo diário por email ou pelo Migalhas App.

CADASTRAR

AUTORES MIGALHAS VIP

Roberto Rosas

Migalheiro desde 2015

Murillo de Aragão

Migalheiro desde 2018

Vantuil Abdala

Migalheiro desde 2008

Abel Simão Amaro

Migalheiro desde 2004

Júlio César Bueno

Migalheiro desde 2004

Anna Carolina Venturini

Migalheira desde 2014

Paulo Henrique Cremoneze

Migalheiro desde 2019

Jones Figueirêdo Alves

Migalheiro desde 2011

Carla Domenico

Migalheira desde 2011

Marco Aurélio Mello

Migalheiro desde 2014

Stanley Martins Frasão

Migalheiro desde 2002

Luis Felipe Salomão

Migalheiro desde 2014

Publicidade