Leitores

Justiça

há 3 dias
Álvaro César Falcão Borges

"Parabenizando 'Migalhas' deixo a frase: 'O ministério privado da advocacia torna-se sórdido devido as lacunas e artimanhas dentro de legislação brasileira; porém, ético e legal pelas veredas normativas atuais. E, por analogia, a juridicidade."

Lava Jato

há 3 dias
Jair Ayres Borba

"Lamentável sob todos os aspectos a fala do ministro Fux. O ministro, ao que parece, desconhece ou se conhece desconsiderou, todas as 'mazelas' - ilegalidades cometidas pela Lava Jato e sua estrela (decadente). Um magistrado que nunca atuou como magistrado desde os tempos do Banestado, mas sim como um inquisidor. Militou politicamente utilizando-se da Magistratura, a revelia e complacência de seus superiores. O ministro desconhece ou finge desconhecer os atuais passos do político citado (Moro). Em dai a Fux o que é de Fux. O comportamento do ministro Fux representa de modo hialino a forma (prática) de como ele e sua filhinha chegaram ao STF e ao TJ/RJ. Deplorável, vergonhoso para a mais alta Corte do país, falso nacionalista, irmão siamês de Bolsonaro. Quem poderá reprimi-lo por tamanho desiderato?"

Mulheres na política

ontem
Emerson Costa Lemes

"Sobre a nota Mulheres na política, cabe citar que o município de Ponta Grossa/PR (trocadilhos e piadinhas estão proibidos, talkey?) foi o único que, no segundo turno, teve duas mulheres disputando."

Envie sua Migalha