terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Pedofilia

de 18/4/2010 a 24/4/2010

"Se a Igreja Católica perdoou até os Beatles, por terem afirmado que eram mais famosos que Jesus Cristo, não falta nada para os padres pedófilos serem perdoados também."

Conrado de Paulo - 22/4/2010

"Dois dos mais conceituados intelectuais ateus do nosso tempo, Richard Dawkins e Christopher Hitchens, afirmaram nesta semana que estão estudando uma maneira legal de pedir a prisão do Papa Bento 16 por crimes contra a humanidade assim que ele pisar na Inglaterra, em visita oficial, em setembro. Na visão deles, o Papa teria acobertado casos de pedofilia quando cardeal deve ser julgado como cúmplice e não tem imunidade diplomática, já que o Vaticano não é um estado representado na ONU."

Iracema Palombello - 22/4/2010

"Mme. Palombelo, já leu alguma coisa dos "mais conceituados intelectuais ateus de nosso tempo"? Sabe que apitos tocam? quais as suas convicções ideológicas? Suas orientações sexuais, éticas e políticas? Ou apenas lhe deu vontadinha de transcrever umas bobagens espalhadas por uma agência de notícias e parecer antenada e "muderna"?"

Alexandre de Macedo Marques - 22/4/2010

"Não são muito bons esses "intelectuais", não. Sobre os incontáveis erros da obra de Richard Dawkins, inclusive de lógica, temos o excelente "O Delírio de Dawkins", que é uma resposta ao fundamentalismo ateísta que ele tentou inutilmente impor ao mundo. Com relação a Hitchens, um filósofo já havia advertido que o ateísmo é uma atitude humana normal, mas o ódio ao cristianismo enlouquece, embora nem todos os afetados dessa síndrome personifiquem essa loucura com a ênfase espetacular de Christopher Hitchens. Este não odeia a Igreja porque nela há pedófilos (se fosse assim odiaria também a ONU, onde os pedófilos são mais numerosos e mais cínicos, segundo o mesmo filósofo). Ele já a odiava antes disso, e nunca tentou camuflar seus sentimentos. Tentou vencer os cristãos no debate de ideias, e como foi derrotado e humilhado pelo escritor católico Dinesh D'Souza, passou pela transmutação que já se tornou rotineira em ateístas militantes desmoralizados: não podendo sobrepujar intelectualmente seus adversários, quer enviá-los à cadeia."

Dávio Antonio Prado Zarzana Júnior - 23/4/2010

"Mantidas as devidas proporções, essa pouca vergonha da pedofilia na Igreja faz lembrar o nosso mensalão. No fim, quase todo mundo tem o pé na lama, indistintamente, mas muitos estão atolados até o pescoço."

Conrado de Paulo - 23/4/2010

"Não, não é a mesma coisa que o mensalão, não. Não tem nada a ver."

Dávio Antonio Prado Zarzana Júnior - 23/4/2010

"Do alto, em homilia,
O Papa Bento falou
E aos padres concitou
A base da sacristia,
Pela tal pedofilia
Pediu muita penitência,
Não haverá mais clemência
Pra essa barbaridade,
Cuidem bem da castidade,
Evitem a concupiscência."

Mano Meira – Carazinho/RS - 23/4/2010

"Dr. Conrado, o caso tem semelhança, sim. Aquele padre Marcial Maciel chegou a pagar altos valores a autoridades do Vaticano para que abafassem os seus crimes. Nesses dias os defensores (a qualquer custo) da ICAR vão dizer sobre o Papa Bento XVI o mesmo que os petistas falavam sobre Lula na época do mensalão: "ele não sabia". Estarei vivo para constatar!"

Abílio Neto - 23/4/2010

"Como bem lembrou o Monsenhor João Scognamiglio, em excelente artigo publicado no último dia 19, facilmente encontrado em diversos sites pela internet, os inimigos da Igreja sempre se esquecem de que ela sai fortalecida historicamente de cada nova perseguição. A atual desculpa de perseguir a totalidade da Igreja utilizando os pecados de pedofilia - manobra já anteriormente usada pelo nazismo, sem sucesso - tem até mesmo despertado o fervor de católicos até então adormecidos em sua fé, na defesa do Papa, que por sua vez jamais concordou ou concordará com a pedofilia. A Igreja é muito mais do que o seu "corpo visível". E tem gente que não quer entender isso. O retorno aos falsos-valores pagãos está por trás dos ataques à Igreja como um todo. O curioso, verdadeiramente, é que muita gente só vai perceber a gravidade do erro que cometeram - de atacar a Igreja desvairadamente -, quando for tarde demais."

Dávio Antonio Prado Zarzana Júnior - 23/4/2010

"Não sei se há defensores a qualquer custo da Igreja. Se os há, é uma pena. O custo da defesa sempre deve estar ligado à verdade. Por isso, comparar o Lula, que não é amigo da verdade nem de longe, ao papa Bento XVI, que além da vida exemplar, dá a cara para bater em qualquer situação, é uma comédia para rir todo o final de semana. Boa tarde a todos!"

Dávio Antonio Prado Zarzana Júnior - 23/4/2010

"Difícil acreditar que só os dois únicos defensores da UCAR não perceberam ainda que são vozes isoladas bradando no deserto !"

Conrado de Paulo - 23/4/2010

"Acaso possa interessar ao Dr. Alexandre, em resposta à sua sarcástica indagação, e me restringindo somente aos autores citados, li os oito livros de Dawkins e os seis de Hitchens, ou seja: só aqueles que foram vertidos para o português."

Iracema Palombello - 23/4/2010

"Parabéns ao autor. Foi breve, porém muito objetivo e eloquente na sua manifestação."

Moacyr P. Costa Junior - advogado e professor universitário - 23/4/2010

"Caro Dr. Alexandre : vontadinha de escrever peculiaridades foi o que senti eu, em relação à sua atitude, mas no tocante ao assunto em pauta, só por termos opiniões adversas, não lhe dá o direito de se referir à mim com tamanho sarcasmo. Acredito sim que, se há alguém querendo gastar seu tempo com picuinhas, esse alguém é você. De minha parte estou somente externando um ponto de vista, sem que quem quer que seja tenha a obrigação de aceitar ou não. Porém, dirigir-se a mim com tamanho pouco caso é pura perda de tempo. Só por não concordar comigo, não lhe dá o direito de desqualificar-me, gratuitamente. Fique com sua opinião, que eu fico com a minha. E estamos conversados ! Tenha um ótimo fim de semana."

Iracema Palombello - 23/4/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram