quarta-feira, 21 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Artigo - Crimes de Luziânia: é possível tratar o pedófilo?

de 2/5/2010 a 8/5/2010

"Em seu artigo o eminente jurista Luiz Flávio Gomes encerra brilhantemente seu artigo de ontem alertando que 'O perverso pode mudar de aparência, mas não de hábitos' (Migalhas 2.378 - 35/10 - "Caso Luziânia" - clique aqui). É o que ocorreria se o padre pedófilo perdesse a batina (coisa que deveria acontecer, mas que infelizmente está completamente fora de cogitação, porque a Igreja no máximo o que faz é abafar os casos), não se livraria desse 'hábito' perverso e nefasto."

Conrado de Paulo - 3/5/2010

"Infelizmente, o comentário do jurista Luiz Flávio Gomes quanto à imutabilidade inexorável de hábitos não encontra respaldo em nenhuma literatura científica séria (Migalhas 2.378 - 35/10 - "Caso Luziânia" - clique aqui). Um hábito, como o próprio nome sugere, pode ser modificado."

Dávio Antonio Prado Zarzana Júnior - 7/5/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram