segunda-feira, 26 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Exame de Ordem

de 16/5/2010 a 22/5/2010

"A opinião do nosso professor Adriano Pinto é sempre uma referência lógica para os questionamentos jurídicos contemporâneos (Migalhas 2.392 - 21/5/10 - "Exame de Ordem" - clique aqui). Contudo, a questão deve ser analisada com maior profundidade, e longe, muito longe de concordarmos com o 'fim do exame de ordem'."

Kennedy Reial Linhares - advogado, vice-presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/CE - 21/5/2010

"Muito coerente o posicionamento apresentado pelo texto (Migalhas 2.392 - 21/5/10 - "Exame de Ordem" - clique aqui). Não podemos esquecer que o conhecimento técnico cobrado nas provas de Ordem estão disponíveis a qualquer tempo, nos livros ou nos meios eletrônicos. Dessa forma, sempre poderão ser consultados pelos bacharéis ou pelos advogados e, sabemos, sempre são. O que mais importa, portanto, seria uma visão geral acerca do entendimento do candidato sobre as questões críticas dos três poderes constituídos. Mais do que meros seguidores das correntes doutrinárias existentes, o Brasil precisa de profissionais criativos, críticos, ousados. Repito: as dúvidas que eventualmente surgirem acerca de prazos, conceitos, aplicabilidade da lei de forma geral, poderão ser sanadas a tempo, bastando, para tanto, uma simples consulta ao livro ou ao meio eletrônico."

Alessandra Rosa Pinheiro - 21/5/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram