sexta-feira, 23 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Somos todos surdos

de 20/3/2005 a 26/3/2005

"Existe em tramitação um projeto de lei que visa obrigar a legendar produções cinematográficas nacionais para que os surdos e deficientes auditivos possam apreciar as obras brasileiras. E para que todos nós possamos apreciá-las. É difícil entender o que ocorre com o som do cinema brasileiro, já que temos sempre a impressão de estarmos diante de um filme em outro idioma. Para quem duvida, sugiro que assistam CANUDOS e tentem entender os diálogos, em especial ao que diz José Wilker como Antonio Conselheiro. Aliás, até as novelas da Globo deveriam ser legendadas. Há uma "técnica" de, quando as pessoas estão na praia, o som do mar é mais alto do que os diálogos, o mesmo acontecendo com o som do trânsito etc. Ainda outro dia, os personagens conversavam sentados em um sofá e só se ouvia o som do sofá premido pelos corpos, dando a impressão que estavam sentados no microfone. Considerem-nos todos surdos. Legenda para tudo."

Wilson Silveira - escritório Newton Silveira, Wilson Silveira e Associados - Advogados e CRUZEIRO/NEWMARC Patentes e Marcas Ltda - 23/3/2005

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram