sábado, 24 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

TJ/SP

de 13/6/2010 a 19/6/2010

"Gostaria de me solidarizar com o colega catarinense (Migalhas 2.403 - 9/6/10 - "Arte ou comércio?" - clique aqui). De palhaçada em palhaçada, vão demolindo a paliçada, ou seja, o direito. Pode ter certeza que as entidades de classe irão tomar providências, já que é inadmissível tal atitude arbitrária e inconstitucional. O TJ é patrimônio do povo, não só paulista, mas brasileiro. O que temos visto ultimamente no TJ é de causar espécie. Uma greve que todos sabem que existe, mas ninguém quer admitir, evidentemente para não prejudicar interessados políticos. Aqui tem um montão de gente em greve: os professores, o judiciário, os delegados de polícia estão ameaçando, o TRT, o TRF 3.ª região etc. Segundo meu modo de ver, a linha dura implantada no TJ vem prejudicando seriamente os advogados. Lembro-me de uma das fábulas de Esopo: 'as hienas tem sexo duplo. Um ano são machos, no outro fêmeas. Quando uma hiena viu  outra cobrindo uma terceira, com satisfação, disse-lhe: não te alegres; o que estás fazendo hoje sofrerás o ano que vem. E arrematou: isso vale para ti, magistrado. Aqueles que hoje são prejudicados por ti amanhã te farão a mesma coisa.'"

Virsio Vaz de Lima - OAB/SP 35.726 - 18/6/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram