sexta-feira, 23 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

Migalhas da copa

de 27/6/2010 a 3/7/2010

"Copa Mundi é coisa séria (Migalhas 2.416 - 28/6/10 - "Migalhas da Copa - 4" -clique aqui)

Trabalhar só de exceção

Esse povo maus não são

Querem sempre 'star de féria

Dependendo da matéria

Fica um pouco prá depois

Afinal bobos não sois

Vou soprar a vuvuzela

Vou brincar sem mais aquela

Tenho já feijão c'o arroz

Vou olhar pela janela

Homens livres somos nós"

Ontõe Gago - Ipu/CE - 30/6/2010

"A Fifa, com essa resistência à tecnologia, faz lembrar a Igreja Católica, que não aceita o evolucionismo de Darwin e defende com unhas e dentes o Criacionismo, que professa ter sido o homem criado por Deus há 6 mil atrás, embora já tinha sido encontrado fóssil humano de 40 mil anos."

Conrado de Paulo - 1/7/2010

"Esta Copa deste ano

Teve arbitragem safada

Bandeira que não viu nada

Fez time entrar pelo cano

Até Luís Fabiano

Fez o seu golzinho de mão

A FIFA na contra-mão

Não quer tecnologia

Chega ao fim nessa agonia

Cheia de juiz ladrão!

Isso tira a alegria

De gritar: sou campeão!"

Zé Preá - 1/7/2010

"Roberto Benevides, o senhor é um cracaço do jornalismo (Migalhas 2.419 - 1/7/10 - "Migalhas da Copa - 5" -clique aqui). Muito boa essa matéria, parabéns!"

Ulisses Santos Barrozo - 1/7/2010

(Migalhas 2.419 - 1/7/10 - "Migalhas da Copa - 5" -clique aqui).

Adauto Suannes - desembargador aposentado - 1/7/2010

"Um debate absolutamente necessário é o da paternidade da frase: 'Quem pede tem preferência...' (Migalhas 2.419 - 1/7/10 - "Migalhas da Copa - 5" -clique aqui). Aparecem dois pais potenciais Gentil Cardoso, como no texto e Nenem Prancha, correndo por fora na Wikipédia. Está lançado o desafio, com pesquisa de DNA e tudo mais. Abraços,"

Alexandru Solomon - 2/7/2010

"Meus caros, entra ano, sai ano, entra Copa, sai Copa e o Brasil não aprende. Não aprende a respeitar adversários, não aprende que nem sempre a história se repete, como no filme Feitiço do Tempo. Cada jogo é um jogo, e isso qualquer um sabe... e, como ensinou 'não-sei-quem' : 'quem não faz, toma'. O Brasil, e o brasileiro, precisa aprender que Futebol não é 'só um jogo' depois que perdeu, precisa aprender que futebol é 'só um jogo' antes de perder ou ganhar. E precisa aprender a perder com honra, dignidade. Se o Brasil tivesse ganho o jogo, seriam heróis, mas agora são todos desequilibrados... Triste, na minha opinião bem modesta, é ver criança fora da escola, cheirando cola e roubando para sobreviver. Triste é ver, em Brasília, milhões de reais se esvaindo das mãos dos contribuintes e mergulhando nos bolsos, bolsas, meias, roupas de baixo, de uns poucos... Triste é ver que o mesmo 'patriota' que coloca a bandeira do Brasil no vidro de seu carro importado é o mesmo 'patriota' que afana diariamente o país... Uma coisa nisso tudo me dá felicidade : amanhã cedo não serei acordado por uma Vuvuzela ensandecida. E agora, voltemos a chamar de corneta, esta bendita..."

Romolo Ricci - 2/7/2010

"É amigo Dunga só te resta, agora, cantar...Eu vou, eu vou para casa agora Eu vou !"

Alexandre Ferreira - 2/7/2010

"O argumento a favor do custo da Copa é de que os bilhões investidos redundarão indiretamente em infraestruturas, como estradas, aeroportos, e até metrô. Esse argumento é falho porque, se há dinheiro para construir essas infraestruturas, para quê então receber a Copa ? Essas infraestruturas poderiam ser construídas sem Copa, e a diferença usada em estádios pode financiar outras estruturas como portos e ferrovias. O país pode colocar centenas de milhões em um estádio, ou colocar esses milhões na construção de um novo porto, e é fácil de imaginar a diferença do impacto na economia. Os únicos benefícios são felicidade e grande coesão nacional ; entretanto, essa felicidade e coesão são muito caras e passageiras. Na verdade, quem lucra mesmo com a Copa são a Mídia e a FIFA. O lucro delas é digno de evitarem-se comentários. Construtoras também lucram e dão empregos, mas fariam isso de forma melhor, na medida em que o dinheiro de um estádio fosse para um porto, ou estrada de ferro. O turismo e comércio lucram com a Copa, mas quem vai repor os bilhões investidos ? Obviamente os políticos lucram com a Copa ; circo produz votos. A Coreia do Sul e o Japão chegaram até implodir alguns estádios. Estádios se tornam um drama após a Copa. Afinal, para que mesmo patrocinar a Copa, hein ?"

Iracema Palombello - 2/7/2010

"O único brasileiro que volta contente da Copa da África é Dunga. Feliz porque faturou R$ 10 milhões pelos quatro anos que atuou como técnico da seleção canarinha."

Conrado de Paulo - 2/7/2010

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram