terça-feira, 20 de outubro de 2020

ISSN 1983-392X

João Paulo II

de 10/4/2005 a 16/4/2005

"Diante da magnitude do Papa – que pregava a crença em verdades imutáveis e, por decorrência lógica, não sujeitas à "evolução" – indago: Quem é o "evolucionista social" Leonardo Boff, para dizer que esse Papado foi retrógrado? Seria a ideologia marxista o futuro da humanidade, para que esse tal "frei" diga que quem não a segue é retrógrado? Quem conseguir responder, que o faça."

Tiago Bana Franco - 11/4/2005

"A respeito de "verdades imutáveis", lembro-me que o psiquiatra Luiz Py, depois de anos estudando doentes mentais, dizia que eles têm certezas absolutas, donde concluiu que o que "enlouquece são as verdades absolutas e não as dúvidas". Aqui fora, entre os ditos normais, existem os profetas que, não precisam ter o trabalho de realizar pesquisas críticas e científicas, e que se enfurecem e têm verdadeiros acessos de ira moral, quando alguém se atreve a negar que seja ele capaz de apresentar-nos a verdade definitiva e inapelável. Fico com Leonardo Boff e espero que um novo João XXIII surja para recolocar a Igreja no século XXI."

Armando Rodrigues Silva do Prado - 11/4/2005

"A despeito de nada conhecer sobre psiquiatria, e desconhecer qual seja a autoridade de qualquer pessoa nesse ramo científico, só posso inferir uma coisa: o destino da Igreja pouco interessa àqueles que, a exemplo de Leonardo Boff, não crêem em verdades imutáveis, pois a doutrina Cristã escora-se em verdades eternas, reveladas por Deus através dos profetas e evangelistas. Isso não quer significar, no entanto, que os religiosos que – como Judeus, Cristãos e Muçulmanos – acreditam em verdades imodificáveis sejam seres desapercebidos de senso crítico, como alguns querem fazer crer. De efeito, poucos foram os pensadores, dignos de recordação, que se afastaram das verdades imodificáveis. Dentre esses, cito Tomás de Aquino. Assim, como Católico, espero que o próximo Papa se preocupe com a ligação do Homem com o Eterno, deixando a suposta evolução social que conduzirá a humanidade ao marxismo nas mãos de seres tão caridosos quanto Fidel Castro, Mao Tsé Tung, Stálin, Lênin, Kim Jong e outros."

Tiago Bana Franco - 11/4/2005

"Ao citar Tomás de Aquino, por equívoco, coloquei-o dentre os que se afastaram de verdades eternas. O erro é evidente e por ele peço perdão. Gostaria de tê-lo citado como exemplo de Cristão que não se acomoda, ainda que crente em verdades imutáveis."

Tiago Bana Franco - 11/4/2005

Comente

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram